Abertura do ano letivo em Faculdade de Medicina no Paraguai teve a participação do Cônsul do Brasil

Lile Corrêa*

O cônsul do Brasil em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, Vitor Hugo Irigaray participou na manhã desta terça-feira (08/8) da abertura do ano letivo 2017 da Faculdade de Medicina Sudamericana.

Centenas de alunos estiveram presentes na Sede 1 da “Suda” localizada na Rua 14 de Mayo esquina Carlos Antônio Lopez para participarem do ato público que foi presidido pelo Decano Dr. Esteban Encina.

A Sudamericana conta atualmente com 1.495 alunos, sendo a maior faculdade de medicina das sete que atuam hoje em Pedro Juan Caballero, capital do Departamento de Amambay.

Cerca de dez mil brasileiros estão cursando medicina no Paraguai, e durante sua fala Dr. Esteban Encina salientou que “para fazer medicina é preciso vocação, por isso além dos seis anos que vocês vão cursar aqui na Sudamericana continuaram seus estudos com mestrados e doutorados pelo resto de suas vidas, quem veio para o Paraguai apenas para ter uma profissão de médico e passar no Revalida e voltar ao Brasil para praticar a medicina esta muito enganado com relação a facilidade do ensino e do investimento financeiro, aqui a carga horária e o ensino é difícil, mas valerá a pena te-los como colegas de profissão”.

O Diretor Acadêmico, Dr. Nery Cáceres fez apresentação do cerimonial que teve a participação na Mesa das Autoridades: Lic. Mauro Arambulo Diretor de Marketing, Decano Dr. Esteban Encina, Consul do Brasil Vitor Hugo Irigaray, Abog. Ingrid Pintos e Dra. Lucila Biedman.

Ao falar aos estudantes brasileiros, o cônsul Vitor Hugo Irigaray garantiu que “o consulado do Brasil esta a disposição de todos os brasileiros que necessitam de atendimento, a relação do Brasil com o Paraguai é harmoniosa respeitando suas soberanias”.

Vitor Hugo Irigaray destacou que “o diálogo é o melhor caminho para que alunos, professores e diretores possam conviver em paz, respeitando-se mutuamente, por isso quero me colocar a disposição dos estudantes para que quaisquer problemas que possam ocorrer sejam solucionados usando o bom senso e o diálogo”.

Finalizando salientou que “Pedro Juan Caballero e Ponta Porã são cidades que tem problemas comuns como qualquer outra cidade, por isso os estudantes podem ficar tranquilos que aqui na fronteira é muito bom de se viver, respeitando sempre os limites da Lei e da boa convivência para vivermos em Paz”.

Representando os estudantes esteve presente o aluno do 4º ano Lucas Loreiro Presidente da Sociedade Cientifica de Estudantes de Medicina da Universidad Sudaméricana- SOCEMUS, Alfredo Galeano aluno de 4º ano Presidente do CEMUS – Centro de Estudiantes de Medicina de la Universidad Sudamericana e Talita C Dognani Benini aluna do 4º C Vice Presidente do CEMUS, Celso Rufino Junior aluno de 4º ano Presidente da Atlética Vikins.

Legenda: Abertura do ano letivo em Faculdade de Medicina em PJC (Foto: Lile Corrêa)

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book