ABI condena vandalismo do MST ao Globo

Um grupo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiu na manhã de quinta-feira (8) o parque gráfico do O Globo. Informações do próprio jornal dão conta de que a maioria dos integrantes era mulheres e que alguns chegaram armados com facões.

Os manifestantes queimaram pneus ao redor do totem de metal do parque gráfico, que não sofreu danos, e picharam vidraças, paredes, móveis com palavras de ordem políticas.

Os seguranças do local não conseguiram impedir a ação dos manifestantes, que terminou meia hora depois, com a retirada de todos. Não há notícias de feridos.

O ato provocou indignação das entidades jornalísticas, entre elas a ABI, que divulgou a seguinte nota oficial:

 

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book