Após pedalar 3.898 km, ciclista Rubem “Maninho” chega a fronteira

Lile Corrêa*

Uma carreata com carros e caminhões, sirenes, buzinas e fogos de artificio anunciaram na noite de sábado (23/9) por volta das 19h18 a chegada do ciclista Rubem Maninho à Ponta Porã na fronteira com Pedro Juan Caballero (Paraguai).

Do trevo do Distrito de Sangapuitã até a Avenida Brasil na sede da empresa Chiara Guinchos amigos, familiares e pessoas que viram Maninho pedalando a bike Boitatá aplaudiram seu retorno a fronteira. Ele estava completando o percurso da Cicloviagem Arachão, percorrendo a linha verde do Nordeste brasileiro e contabilizou 3.898 km.

Rubem Maninho abraçou a esposa Inês e falou a reportagem da Líder FM 104,9 e Jornal Che Fronteira “emocionante, valeu a pena, por onde passei falei de Ponta Porã, muitas pessoas confundem nossa fronteira com Foz do Iguaçu, inclusive duas pessoas que conversei vão vir pra cá estudar Medicina em Pedro Juan Caballero”.

Rubem Duarte partiu de Aracaju no Sergipe na sexta-feira (14 de julho de 2017) por volta das 14h30 e pedalou até Alter do Chão no estado do Pará “percorri o percurso em 57 dias num total de 3.467 km com uma bagagem de 48 kg na garupa carregando pouco de tudo (barraca, colchonete, saco de dormir, fogareiro, ferramentas) o nome da bike é “boitatá” que em tupi-guarani é “cobra de fogo” devido ao número de luzes que tem na bike, que ajuda na segurança na rodovia”.

O ciclista pontaporanense Rubem Duarte “Maninho”, 59 anos, completou sua aventura de Ciclo Viagem foi recebido com emoção e alegria pela família e funcionários, ha cerca de 11 anos que Maninho pratica a cicloviagem e tem apoio e admiração da esposa Inês e dos filhos Chiara (30) que leva o nome da empresa Chiara Guinchos, Willian (28) e Marcelo (22) e a neta Isabella de 1 ano. A Boitata que saiu com 48 kg, voltou com 100 kg na bagagem, com souvenir, saudades, histórias pra contar e tripulando as bandeiras do Brasil e Paraguai. Maninho virou o embaixador da fronteira “agora é preparar a próxima cicloviagem”, afirmou Rubem Duarte.

Legenda: Emoção na chegada do ciclista Rubem “Maninho” em Ponta Porã – Foto Lile Corrêa

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book