Audiência Pública definiu “Castelinho” como Museu de Ponta Porã

A maioria dos presentes na audiência pública foram favoráveis que o “Castelinho” seja o Museu de Ponta Porã

Lile Corrêa*LA2_2607LA2_2634LA2_2661

LA2_2653

Na tarde de terça-feira, dia 10 de maio no Plenário Issac Borges Capilé na Câmara de Vereadores de Ponta Porã aconteceu a audiência pública “Castelinho” revitalização, restauração e patrimônio histórico.

A audiência foi organizada pelo Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, através da Secretaria do Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, da Fundação do Estado de Cultura, do Instituto de Patrimônio Histórico Artístico Nacional, do Ministério Público Estadual e da Fundação de Cultura de Ponta Porã.

Fizeram parte da mesa das autoridades o Secretário de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação de Mato Grosso do Sul, Athayde Nery, Prefeito de Ponta Porã, Ludimar Novais, Diretora Presidente da Fundação de Cultura de Ponta Porã, Gisele Benites Flor, Promotor Público do Meio Ambiente e Cidadania, Dr. Gabriel da Costa Rodrigues Alves, Chefe da Divisão Técnica do Instituto do patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Historiador e Arquiteto João Henrique dos Santos, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Ponta Porã, Daniel Valdez Puka, Historiador, Pesquisador e Escritor da História da Fronteira, vereador Marcelino Nunes de Oliveira, Gerente do Patrimônio Histórico da Fundação de Cultura do Estado do Mato Grosso do Sul, Cassiano Lima, Tenente Sato do 4º Batalhão da Policia Militar na audiência representando o Comandante Tenente Coronel Waldomiro Centurião Machado.

Logo após a execução do Hino Nacional os presentes assistiram a projeção de um vídeo institucional e João Henrique dos Santos fez a apresentação.

O professor, pesquisador e historiador Yudys Bueno fez “um pequeno relato histórico sobre este prédio que reporta a tantos acontecimentos históricos, que marcaram o desenvolvimento da região de fronteira”.

Prefeito Ludimar Novais em seu pronunciamento afirmou que “sou a favor que o Castelinho seja o nosso museu de Ponta Porã e da nossa fronteira”.

Marcelino Nunes de Oliveira destacou que as leis municipais que preservam o patrimônio histórico de Ponta Porã “é uma luta inspirada no trabalho parlamentar do secretário Athayde Nery quando foi vereador em Campo Grande e era sua bandeira de luta”. O vereador do PROS lembrou que “esta luta do castelinho é de toda sociedade fronteiriça, incluído o Clube dos Carros Antigos de Ponta Porã ao qual eu presido com amigos empenhados na preservação do nosso patrimônio histórico cultural”.

Dr Gabriel da Costa Rodrigues Alves salientou “o espirito da fronteira que nos inspira e nos encanta, conseguimos sensibilizar o Governo do Estado e agora o Castelinho terá o destino que todos esperam, além da sua revitalização e preservação estará sendo colocado a disposição de toda sociedade”.

A maioria dos presentes na audiência pública foram favoráveis que o “Castelinho” seja o Museu de Ponta Porã.

Audiencia Publica(Fotos: Lecio Aguilera)*

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book