Brasileiras recebem prêmio das Nações Unidas

As jornalistas brasileiras Ângela Bastos, do Diário Catarinense, e Carolina Holland, do g1.com.br, foram premiadas pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), que divulgou o resultado do Prêmio Sul-Americano de Jornalismo sobre Migração. Ângela foi uma das vencedoras, e Carolina foi escolhida para receber menção honrosa.

Ângela Bastos é uma das ganhadoras do Prêmio Sul-Americano de Jornalismo sobre Migração, uma iniciativa da Organização Internacional para as Migrações (OIM). A repórter foi premiada pela reportagem Fronteira Aberta, publicada no Diário Catarinense.

A agência da ONU busca, com a iniciativa, reconhecer e estimular uma cobertura midiática que promova os direitos dos migrantes. Ângela foi uma dos oito vencedores escolhidos pela OIM. Acesse a matéria da jornalista clicando aqui.

O organismo internacional também escolheu duas profissionais para receber menções honrosas — entre elas, outra brasileira, a repórter Carolina Holland, do portal G1.

A jornalista foi premiada pela matéria Com desemprego que atinge a 90%, haitianas se capacitam em busca de vaga em Cuiabá — leia clicando aqui.

Reportagem Fronteira Aberta, da jornalista Ângela Bastos (Imagem: Diário Catarinense)

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book