Cirurgia de emergência em plantão de Clinica Veterinária salva cadela Rottweiler

Cirurgia de emergência em plantão do Dr. Marcelo Rezende salva a vida da cadela Rottweiler, conhecida como”Gorda”

Lile Corrêa*

O plantão 24 horas da Clinica Veterinária Dr. Marcelo Rezende tem oportunizado o salvamento dos animais atendidos fora do horário comercial na fronteira do Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

Dr. Marcelo Rezende que é especialista em cirurgia de animais de pequeno, médio e grande porte atende os clientes de Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero (Departamento Del Amambay), além de ser o idealizador da ONG de Proteção Animal que realizou centenas de castração de animais gratuitamente.

O Clube de Imprensa teve acesso ao relatório de mais um salvamento do Dr. Dolitle da fronteira, essa ação aconteceu na noite de quinta-feira, dia 13 de abril de 2017, por volta das 19h30 o Senhor Olavo Nunes foi até o Centro Veterinário, buscando ajuda para sua cadela estava passando mal, não se alimentava, nem conseguia andar. Ele foi atendido pelo médico veterinário Dr. Marcelo Rezende que estava de plantão, e imediatamente se deslocou ate a residencia do Senhor Olavo para avaliar a cadela da raça Rottweiler com 10 anos de idade, chamada pelo apelido de Gorda.

De acordo com o Dr. Marcelo Rezende “ao avaliar a paciente foi constatado: hipotermia, distensão e dor abdominal, secreção vaginal, taquicardia e taquipneia. Diante dos sintomas poderia ser infecção uterina grave, piometra”. A paciente foi removida ao Centro Veterinário para internação, exames laboratoriais e cirurgia de emergência.

A piometra, também denominada como Síndrome Hiperplásica Endometrial Cística, é uma patologia rotineira na clínica de pequenos animais, sendo caracterizada por infecção uterina bacteriana, com acúmulo de exsudato muco-purulento. Ocorre no período diestral, pois é quando ocorre uma combinação do estrógeno, progesterona com bactérias. A ação da progesterona é ampliada pela ação do estrógeno criando um ambiente propicio para a adesão e crescimento bacteriano. O aumento do nível da progesterona estimula o crescimento e a atividade secretora das glândulas endometriais e reduz a atividade miometrial, diminui a circulação no útero, e seus sistemas de defesa, permitindo o acúmulo de secreções glandulares uterinas e a abertura do colo uterino durante o estro permitindo a entrada de bactérias.

Segundo o Dr. Marcelo Rezende “nos exames deram infecção gravíssima, leucocitose, baixa de plaquetas, trombocitopenia, insuficiência renal e positivo para doença de carrapato”.

O animal foi medicado com analgésico, antibiótico, anti-inflamatório e foi submetido a cirurgia para retirada do útero. A cirurgia durou cerca de 2 horas e ocorreu sem nenhum transtorno apesar da idade da paciente ser de risco. A paciente segue internada e em breve receberá alta e voltara para o convívio da família.

 

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book