Livro desvenda relação de Trump com a imprensa

Um novo livro promete desvendar um lado desconhecido do presidente americano, Donald Trump: o seu relacionamento com a imprensa. Media Madness: Donald Trump, The Press and The War Over the Truth (em tradução livre, Loucura da Mídia: Donald Trump, A Imprensa e a Guerra Sobre a Verdade), do experiente jornalista Howard Kurtz, chega às livrarias nesta segunda-feira com revelações da forma como o republicano se informa e o que ele acha da mídia tradicional, destacou a ABI.

Uma das revelações de Kurtz, que é apresentador e ocupa um cargo de crítico da imprensa na rede Fox News, é que, apesar do relacionamento conturbado com muitos profissionais da mídia, Trump gosta de alguns deles a ponto de se encontrar secretamente com os mesmos e de abrir a eles acesso sem precedente aos bastidores da Casa Branca. Kurtz trabalhou por três décadas no The Washington Post e hoje está em uma das redes de TV alinhadas com o Partido Republicano.

O livro não foi ainda divulgado oficialmente, mas alguns jornais estrangeiros já obtiveram acesso a ele, como o americano The Washington Post e o inglês The Guardian. Outra revelação é que Trump mede a fidelidade de assessores próximos pela maneira como estes o defendem em programas de televisão e que tem o costume de chamá-los para cumprimentar quando isso acontece. E que, apesar de ser um usuário frequente do Twitter, o republicano não costuma ficar muito tempo navegando no telefone celular.

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book