Morre Ruy Portilho organizador do Prêmio Esso

Jornalista Ruy Portilho (Imagem: reprodução)

Ruy iniciou carreira na Editora Bloch no final dos anos 1960. Entre 1970 e 1985, chefiou a sucursal carioca do Jornal da Tarde, do grupo Estado de S. Paulo, e vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo Regional Sudeste, em 1984, e coordenou a premiação do Esso através da firma dele RP Consultoria por 23 anos. Ruy Portilho deixa 3 filhos, André, Maria e Fernando.

 O presidente da ABI, Domingos Meirelles, trabalhou com Ruy Portilho durante muitos anos nas sucursais do Jornal da Tarde e do O Estado de S.Paulo. “Uma das principais características do Ruy era o seu permanente compromisso com a ética. Ele cultivava um rigor com os textos e a boa qualidade da informação incomuns nos dias de hoje. Ruy possuía um temperamento doce no trato com seus subordinados a quem tratava como colegas, companheiros de infortúnio durante o negro período de censura do governo militar. Foi um exemplo de como se deve fazer o bom jornalismo, e sua falta será muito sentida por todos aqueles que tiveram privilégio de um dia trabalhar com ele e desfrutar das reflexões que fazia sobre a política brasileira da época.

O velório será amanhã de 9h às 11h na Capela 3 do Memorial do Carmo, no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, onde será cremado.

 

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book