O ano do marketing de influência no Brasil. Saiba o porquê

Raony Coronado*

Os resultados de marketing de influência em 2017 animaram os gestores e diretores de marketing das empresas. O resultado disso, é que o investimento na área deverá crescer neste ano. Um indício é o crescimento no número de ferramentas de monitoramento e plataformas próprias para encontrar influenciadores digitais, a exemplo do Influency-me, no Brasil. Clique aqui para conhecer.

A comunicação boca a boca aumentou com as redes sociais e a chegada massiva dos influenciadores digitais. Para se ter uma ideia, 92% dos consumidores confiam mais em recomendações feitas por indivíduos do que por marcas, segunda um estudo da Nielsen Catalina Solutions.

O influencer maketing impactou tão positivamente o mercado que, num recente relatório da Linqia, intitulado “The State of Influencer Marketing 2018”, apontou que 39% dos profissionais de marketing planejam investir mais em seus orçamentos com creators.

O estudo concluiu que 86% dos profissionais de comunicação adotaram esse tipo de estratégia no ano passado, sendo que 92% consideraram relevante para os negócios. A estimativa é que 30% das empresas desembolsem entre 25 mil e 30 mil dólares. Outras 25% declararam que o intuito é investir em até US$ 100 mil. Somente uma minoria (5%) disse que vai diminuir no orçamento campanha com influenciadores digitais.

As redes sociais mais impactantes:

De acordo com a revista americana Entrepeneur, 74% dos consumidores usam as redes sociais — habitat dos influenciadores — em suas decisões de compras. De acordo com a pesquisa, quase a totalidade dos respondentes afirmaram que o Instagram é a rede social mais importantes e eficiente para o marketing de influência em 2018.

Entretanto, para as empresas que desejam iniciar relacionamento com influenciadores, é preciso ficar atento com os chamados “números da vaidade”. Muitos perfis, principalmente de microinfluenciadores, compram seguidores para chamar a atenção e atrair empresas. Lembre-se que número de followersnão resume uma campanha de marketing de influência. Outros critérios como engajamento, curtidas e compartilhamentos devem ser analisados.

Encontrar os influenciadores certos para uma campanha de influencer marketing é uma dificuldade apontada por 60% das pessoas que trabalham no digital. O influency-me é uma plataforma com mais de 70 mil influenciadores e que te permite identificar o creator certo para o seu tipo de negócio. Saiba mais.

Na sequência, o Facebook foi considerado como a rede social mais vantajosa pelos profissionais da área (77%). Os blogs apareceram na terceira colocação, sendo citados por 71%.

Para onde será direcionada a estratégia de marketing de influência

Pesquisa realizada pelo eMarketer, em 2017

Uma das principais ideias concluídas com base no relatório da Linqia é que profissionais da área apostem no conteúdo produzido por influenciadores para melhorar o desempenho de outros canais digitais. Outros irão integrar tais conteúdos com o comércio eletrônico, com o intuito de alavancar as vendas de produtos em 2018. Esse tipo de estratégia será adotada porque a propaganda perdeu força. Um sinal disso é o crescente uso de adblockers. Neste ano, a estimativa é que mais de 30% de toda a internet use os bloqueadores de anúncios.

Outra tendência forte para esse ano é o crescimento de campanha com microinfluenciadores. Aliás, uma matéria publicada no final do ano passado, pelo Comunique-se, citou outras projeções para o mercado da comunicação em geral. Trabalhar com pequenos creators é ideal para suprir todas as demandas de executivos de marketing: comunicação efetiva, alcance e custo menor.

Confiança e amadurecimento do mercado

De acordo com a pesquisa, é esperada uma maturidade maior dos gestores no modo em como trabalhar com esse público. O planejamento deverá ser melhor estruturado e feito com antecedência e participação de outros profissionais da empresas.

As marcas estão dando maior credibilidade para os influenciadores destacarem o produto ou serviço da maneira deles ou — em outras palavras — liberdade de criação, desde que cumpram com a política das empresas. Os executivos de marketing apontaram que o envolvimento (90%), os cliques (59%) e as conversões (54%) serão os indicadores principais de desempenho.

O crescimento do mercado trouxe outro dado interessante. Cerca de 50% dos comerciantes estão se baseando na taxa de venda de produtos como sucesso em campanha com influenciadores. É um salto significativo se comparado aos 34% do ano de 2017.

Em contrapartida, 50% daqueles que trabalharam com marketing de influência em 2018 consideraram positivo as ações do ano passado, uma queda de 11% em relação ao período de 2016. A expectativa é que com o avanço das ferramentas e surgimento de plataformas facilitem o trabalho de quem trabalha com influencer marketing, além de passar mais confiança no momento de mensurar os resultados de uma campanha.

Se você é um desses profissionais que procuram plataformas inovadoras, não deixe de conhecer oInfluncy-me. Identifique, engaje e obtenha resultados incríveis. O Influency-me é a solução para gerenciar e dar escala às suas campanhas de influencer marketing. Conheça a plataforma

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book