Prêmio Rei da Espanha: inscrições até o dia 30/9

Criado pela Agência EFE e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), o Prêmio Rei da Espanha, que está com inscrições abertas até o dia 30 de setembro, tem o objetivo de reconhecer o trabalho de jornalistas em espanhol e português de natureza histórica e cultural.

O prêmio reconhece não só a qualidade dos trabalhos publicados que contribuam para a comunicação e o mútuo conhecimento entre os povos ibero-americanos, mas também aqueles relacionados ao Meio Ambiente e ao Desenvolvimento Sustentável.

São sete as categorias: imprensa, televisão, rádio, fotografia, digital, jornalismo ambiental e prêmio ibero-americano de jornalismo, concedido ao trabalho que mais contribua para a comunicação entre os povos ibéricos. Em cada categoria, caberá ao primeiro colocado um prêmio de seis mil euros (R$ 22.300).

O concurso vai analisar reportagens que tenham sido publicadas entre 1º/9/2016 e 31/8/2017. Os links de trabalhos enviados devem permanecer ativos desde a data de seu envio até fevereiro de 2018. Se o trabalho estiver protegido com senha, esta deverá ser informada no envio.

Cada concorrente poderá apresentar um único trabalho – coluna, artigo, crônica, entrevista, reportagem, programa, etc.-, para qualquer uma das candidaturas, exceto para a de fotografia, que permitirá o envio de até três, caso se trate de uma reportagem gráfica.

Para as séries de reportagens ou trabalhos de investigação escritas, de rádio, de televisão, de jornalismo digital ou de jornalismo ambiental, deverá ser apresentado um só capítulo, acompanhado de uma sinopse do trabalho completo.

Não serão permitidas a inscrição de profissionais da Agência EFE ou da AECID. Também não poderão concorrer os agraciados em edições anteriores até transcorridos três anos desde a obtenção do Prêmio.

O material deve ser enviado para a Agência Efe, Embaixada da Espanha. Mais informações podem ser encontradas no site.

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book