Revista IstoÉ fecha sucursal no Rio

Revista mantida pela Editora Três deixa de contar com espaço físico no Rio de Janeiro. Entre jornalistas dispensados pela IstoÉ está profissional com 18 anos de empresa.

A sucursal da revista IstoÉ no Rio de Janeiro não existe mais. Informação publicada pela edição desta semana do boletim Jornalistas&Cia, o espaço foi desativado pela direção da Editora Três, empresa responsável pela operação do impresso. Com a desativação do prédio, jornalistas foram demitidos.

OBS em 10/7/2018: A notícia do fechamento da sucursal carioca da Editora Três foi dada em primeira mão pelo site Janela Publicitária.

Com 18 anos de trabalhos prestados à publicação, Eliane Lobato aparece na lista de dispensados. Conforme destacado pelo Jornalistas & Cia, ela vinha desempenhando dupla função no grupo. A jornalista era colunista – tocando o conteúdo da coluna ‘Gente’ – e também respondia desde 2006 pela chefia do escritório carioca. A sucursal no Rio de Janeiro da IstoÉ existia desde 1976, ano de fundação da revista.

Além de Eliane Lobato, a reportagem do Portal Comunique-se apurou que ao menos outros três funcionários foram demitidos em meio ao processo de fechamento da sucursal carioca mantida pela Editora Três. Repórter e braço direito de Ricardo Boechat na coluna que leva o nome do “Mestre do Jornalismo” do Prêmio Comunique-se, Ronaldo Herdy segue no quadro de colaboradores da IstoÉ. Ele, contudo, passa a trabalhar baseado em sua própria casa no Rio de Janeiro. O home office também se dará a outros profissionais acionados para colaborarem eventualmente com a revista em solo carioca.

Fonte: Portal Comunique-se

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book