Teste da Linguinha em recém-nascidos vira lei em Jardim

Paulo Abilio*

Após o Projeto de Lei Nº 001/2016 que obriga a realização do Protocolo de Avaliação do Frênulo da Língua em Bebês em hospitais de Jardim, de autoria do presidente do legislativo, vereador Sergio Henrique Sá Braga (PR), passar pela Casa de Leis, foi a vez do prefeito Erney Cunha Bazzano Barbosa decretar o feito, criando a Lei Nº 1852/2016, de 30 de março de 2016.

Segundo justificativa do vereador Professor Serginho, após audiência com a fonoaudióloga Heloisa Vasconcelos Braga Benites, “com a aplicação desse protocolo é possível identificar se o Frênulo lingual limita os movimentos da língua, que são importantes para sugar, mastigar, engolir e falar. “Pesquisas em todo o mundo têm comprovado a importância do diagnóstico e intervenção precoce dessa alteração.Com a aprovação dessa lei, a saúde de Jardim irá oferecer esse teste no Hospital Marechal Rondon”, destacou o presidente.

Em Jardim, cerca de 15% das queixas no ambulatório de fonoaudiologia estão relacionadas ao Frênulo lingual colado ou encurtados. “Os que buscam tal serviço tem queixas de trocas na fala que prejudicam o desenvolvimento da fala das crianças em idade escolar ou levando os adolescentes e adultos a algum relato de constrangimento ao longo de sua vida social, prejudicando muitas vezes o ato de engolir e até mesmo respirar”, ressaltou Heloisa Benites.

 

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book