TSE conta com imprensa no combate às Fake News

O ministro Luiz Fux (Imagem: Reprodução)

No documento, os partidos se comprometem a:

“Manter o ambiente de higidez informacional, de sorte a reprovar qualquer prática ou expediente referente à utilização de conteúdo falso no próximo pleito, atuando como agentes colaboradores contra a disseminação de ‘fake news’ nas Eleições 2018”.

Os 35 partidos existentes foram convidados para o evento e, de acordo com o presidente do TSE, os 25 que ainda não assinaram o documento, poderão fazê-lo até o dia 21 de junho, quando o tribunal realizará um seminário para discutir o combate à divulgação de notícias falsas, destacou a ABI – Associação Brasileira de Imprensa.

Após a assinatura do termo de compromisso, Fux afirmou que, além do apoio da imprensa, é importante contar com a colaboração de partidos no combate às notícias falsas para a manutenção da ética e da legitimidade no ambiente eleitoral.

“Nós entendemos que, além de todas as providências até então adotadas, nós deveríamos também ter como colaboradores, não só a imprensa, mas também os partidos políticos. Que [as legendas] se juntem a nós para que mantenhamos a nossa democracia imune a quaisquer dúvidas”, afirmou o presidente do TSE.

Para Fux, os partidos terão possibilidade de levar ao conhecimento do TSE eventuais “anomalias no ambiente eleitoral”.

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book