Clube de Imprensa

01 de Janeiro – Ano Novo, Dia da Confraternização Universal e Dia Mundial da Paz

O Ano-Novo é a comemoração de um novo ano que se inicia, e é celebrado na passagem de 31 de dezembro para 1º de janeiro. Também é chamado de Réveillon, termo em francês que significa “despertar”.

A véspera de Ano-Novo, 31 de dezembro, é o dia que antecede o 1º de janeiro, feriado nacional. O feriado do primeiro dia do ano comemora o Dia da Confraternização Universal.

Origem do Ano-Novo

Entre 753 a.C. e 476 d.C o início do ano civil acontecia no dia 1º de março. Para persas e fenícios, entre outros povos, a data ainda era outra, 23 de setembro.

A comemoração de Ano-Novo com a data que conhecemos hoje tem sua origem em 46 a.C, quando o governador romano Júlio César criou um decreto para que o dia 1º de janeiro fosse o Dia do Ano-Novo, que marcava o início do calendário juliano. Com a mudança para o calendário gregoriano, que utilizamos atualmente, a comemoração foi oficializada.

Vale lembrar que o Ano-Novo está relacionado com o tipo de calendário utilizado. Os chineses, por exemplo, comemoram o ano-novo em uma data que pode ocorrer entre os meses de janeiro e fevereiro. Para os judeus, o ano-novo, chamado de Rosh Hashaná, é celebrado no mês de Tishrei, que no nosso calendário ocorre em setembro ou outubro.

Como é comemorado o Ano-Novo no Brasil?

Existem diversas tradições típicas para a festa de comemoração do Ano-Novo, e cada país possui a sua. No Brasil, por exemplo, são praticados costumes das religiões africanas e afro-brasileiras como usar roupas brancas, pular 7 ondas e levar oferendas ao mar para Iemanjá.

Além disso, assistir aos shows de fogos de artifícios se tornaram tradição no país. Superstições, como comer uvas e guardar as sementes na carteira são realizadas para trazer prosperidade ao novo ano.

Cada cidade costuma concentrar a sua população num tradicional ponto turístico ou local de bastante significância para celebrar esta data.

No Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo são dois locais muito procurados para as comemorações de Ano-Novo, onde a atração principal são os fogos de artifício em Copacabana, no Rio, e na Avenida Paulista, em São Paulo.

A Confraternização Universal ou Dia da Confraternização Universal é comemorado no dia 1º de janeiro de cada ano e é um feriado cívico.

O significado da celebração que dá as boas-vindas ao novo ano reflete o desejo de união entre os povos.

Origem do Dia da Confraternização Universal

Com a Lei Nº 108, de 29 de outubro de 1935, no governo do presidente Getúlio,Vargas, o primeiro dia do ano foi consagrado à comemoração da fraternidade universal e foi estabelecido como feriado nacional.

Embora muitas fontes divulguem que o Dia da Confraternização Universal tenha sido criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), a data não consta no seu calendário.

Dia Mundial da Paz

Com uma proposta bastante parecida, na mesma data é comemorado o Dia Mundial da Paz, a qual foi criada em 1967 pelo então Papa Paulo VI.

Apesar de ter sido estabelecida por um Papa, a celebração não é restrita aos católicos. Na altura da sua criação, o Papa Paulo VI declarou a importância do envolvimento de todas as pessoas, independentemente da sua religião e, assim, esse dia passou a ser comemorado em muitos países do mundo.

O tema da comemoração de cada ano é escolhido pelo papa vigente. Milhares de pessoas assistem todos os anos o seu discurso no dia 1 de janeiro, que é tradicionalmente conhecido como a “Mensagem do Papa”.

Pular para o conteúdo