Clube de Imprensa

04 de Novembro – Dia Mundial da Propaganda, Dia do Perito Criminal e São João Damasceno

Dia Mundial da Propaganda é comemorado anualmente em 4 de dezembro.

A propaganda é uma das ferramentas primordiais para a sobrevivência de um negócio, seja comercial, de bens ou de serviços. Afinal, como já diz o famoso ditado: “a propaganda é a alma do negócio”.

Os profissionais que trabalham nesta área devem explorar a criatividade e a informação como “armas” para conseguir conquistar e persuadir os clientes finais (consumidores) a comprarem os produtos, serviços e imagens que estão a vender.

A propaganda é muito importante para a economia, pois incentiva a competição entre as empresas, que buscam criar sempre produtos e serviços mais apelativos para o consumo.

Atualmente, a propaganda pode ser aplicada em diversos meios de comunicação, como a televisão, o rádio, os jornais, a internet e etc.

No Brasil, os profissionais da área ainda comemoram outras datas, como o Dia do Publicitário (1 de fevereiro) e o Dia do Profissional da Propaganda (17 de outubro).

Origem do Dia Mundial da Propaganda

Esta data foi criada em homenagem ao primeiro congresso que reuniu profissionais ligados à publicidade e propaganda, em 4 de dezembro de 1936, na cidade de Buenos Aires.

Em 1937, esta data passou a ser celebrada como o Dia Pan-Americano da Propaganda. O reconhecimento como o Dia Mundial da Propaganda chegou apenas a partir de 1970.

Dia do Pedicuro, ou Podólogo, é celebrado anualmente em 4 de dezembro. Esta data é uma homenagem aos profissionais que se dedicam à saúde dos pés.

Embora muitas vezes confundido com a profissão de pedicure, o pedicuro não trata apenas da estética dos pés. O pedicuro está habilitado à extração de calos e tratamento de unhas encravadas.

Para que a diferença entre pedicure e pedicuro ficasse esclarecida, o termo “pedicuro” foi substituído pelo “podólogo” em 1965, o que aconteceu durante o VI Congresso Pan-americano de Podologia.

Origem do dia do pedicuro

A origem desta data é uma homenagem à criação da Associação Brasileira de Pedicuro (ABP), em 4 de dezembro de 1964, em São Paulo.

Posteriormente, a ABP passou a ser chamada Associação Brasileira de Podólogos, em 1986.

Dia da pedicure

Já o dia da pedicure é comemorado em 18 de janeiro.

Essa data foi instituída pelo Decreto Lei nº 12.592, de 18 de janeiro de 2012, o mesmo que dispõe sobre o exercício dessa profissão e também trata das atividades profissionais de manicure, cabeleireiro, barbeiro, esteticista, depilador e maquiador.

Dia do Orientador Educacional (ou Dia do Orientador Profissional) é celebrado anualmente em 4 de dezembro.

Esta data visa homenagear o profissional que se dedica a auxiliar os alunos durante o processo de aprendizagem. A sua principal função é ajudar os jovens a encontrarem a sua vocação profissional, através de métodos psicológicos e pedagógicos.

Normalmente, os orientadores profissionais atuam nas escolas, subordinados à direção ou supervisão pedagógica da instituição, dando aconselhamento aos alunos e preparando ações que auxiliem os jovens a escolher o melhor caminho profissional para os seus futuros.

Por norma, os orientadores profissionais são formados em pedagogia. Em alguns casos, também atuam nos chamados Centros de Orientação Profissional, localizados nas agências de empregos em todo o país.

De acordo com a lei, esta profissão é reconhecida sob o nome de Orientador Educacional, através da lei nº 5.564, de 21 de dezembro de 1968, e regulamentada pelo decreto nº 72.846/73.

Dia do Perito Criminal Oficial é comemorado anualmente em 4 de dezembro no Brasil.

A data homenageia a atividade dos profissionais que executam a perícia criminal, uma ferramenta essencial para ajudar no processo de investigação e busca pela verdadeira justiça. O perito criminal trabalha sempre em prol da justiça.

Dia do Perito Criminal também serve para conscientizar a sociedade sobre a grande importância que este trabalho técnico possui para a resolução dos crimes. As provas recolhidas pela equipe da perícia criminal têm tanta importância que não são descartadas nem quando o réu confessa o crime.

perito criminal é responsável pelo levantamento de evidências que possam solucionar a cena de um crime, como impressões digitais, exame de provas laboratoriais específicos em objetos encontrados, reconstituição da cena do crime, analise das armas utilizadas, exames no corpo da vítima, entre outras investigações.

Origem do Dia do Perito Criminal

Dia do Perito Criminal é comemorado em 4 de dezembro em homenagem ao patrono da perícia criminal no Brasil, Otacílio de Souza Filho, que nasceu nesse mesmo dia.

Otacílio Filho morreu tragicamente em 1976, após cair de um penhasco em Minas Gerais enquanto participava de uma investigação sobre duas mortes que haviam ocorrido naquele local.

Associação Brasileira de Criminalística – ABC aprovou a data 4 de dezembro como Dia do Perito Criminal Oficial durante o IV Congresso Nacional de Criminalística.

A data comemorativa foi instituída pela Lei nº 11.654, de 15 de abril de 2008.

São João Damasceno, o “São Tomás do Oriente”

Origens 

São João Damasceno, um santo Padre e Doutor da Igreja de Cristo. Nasceu em 675, em Damasco (Síria), num período em que o Cristianismo tinha uma certa liberdade. O pai de João era muito cristão e amigo dos Sarracenos, os quais, naquela época, eram senhores do país. Essa estima estendia-se também ao filho. Os raros talentos e méritos desse levaram o Califa a distingui-lo com a sua confiança e nomeá-lo prefeito (mansur) de Damasco.

Renúncia dos Bens
São João Damasceno, ainda jovem e ajudante, gozava de muitos privilégios financeiros do pai. Entretanto, ao crescer no amor ao Cristo pobre, deu atenção à Palavra, que mostra a dificuldade dos ricos (apegados) para entrarem no Reino dos Céus. Assim, num impulso para a santidade, renunciou a todos os bens e os deu aos pobres, concedeu liberdade aos servos e fez uma peregrinação a pé pela Palestina. Preferiu São João uma vida de maus tratos ao se entregar às “delícias venenosas” do pecado.

O Convento
Retirou-se para um convento de São Sabas, perto de Jerusalém, e passou a viver na humildade, caridade e alegria. Ordenado sacerdote, aceitou o cargo de pregador titular na Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém.

Início da Guerra
Uma herança, proveniente da tradição do Antigo Testamento, proibia toda e qualquer reprodução da imagem de Deus, sendo assim condenavam o uso de imagens nas Igrejas. O imperador bizantino Leão Isáurico empreendeu uma guerra contra o culto das imagens sagradas. Sendo assim, a pedido do Papa Gregório III, São João Damasceno assumiu o papel de defensor das imagens, travando uma luta contra os iconoclastas.

A arma de São João Damasceno: a Teologia

Teologia
Sua principal arma era a teologia, e sua principal tese foi um dos fundamentos da fé cristã: a Encarnação. Bento XVI, em sua catequese, na Audiência geral de 6 de maio de 2009, recordou:

“João Damasceno foi o primeiro a fazer a distinção, no culto público e privado dos cristãos, entre a adoração e a veneração: a primeira pode ser dirigida somente a Deus; a segunda pode ser utilizada como imagem para se dirigir a uma pessoa à qual presta culto.

As Obras
Escreveu inúmeras obras tratando de vários assuntos sobre teologia, dogmática, apologética e outros campos que fizeram de São João digno do título de Doutor da Igreja, declarado por Leão XIII, em 1890. Recebeu o apelido de “São Tomás do Oriente”, por sua contribuição dada à Igreja Oriental. Sua principal obra foi a “De Fide orthodoxa”, que enfatiza o pensamento da Patrística grega e as decisões doutrinais dos Concílios da época, sendo também um ponto de referência essencial para a teologia católica como para a ortodoxa.

São João Damasceno fez presente a doutrina sobre a Imaculada Conceição

Curado por Nossa Senhora
Certa vez, os hereges prenderam São João e cortaram a mão direita dele, a fim de não mais escrever. Por intervenção de Nossa Senhora, foi curado. Seu amor à Mãe de Jesus foi tão concreto, que foi São João quem tornou presente a doutrina sobre a Imaculada Conceição, Maternidade divina, Virgindade perpétua e Assunção de corpo e alma de Maria.

Páscoa
Este filho predileto da Mãe faleceu no dia 4 de dezembro de 749, no mosteiro de São Sebas, na Palestina.

Oração de São João Damasceno a Nossa Senhora:
“Saúdo-vos, Maria, esperança dos cristãos! Atendei a súplica de um pecador, que vos ama com ternura, que vos honra de modo particular e deposita em vós toda a esperança da sua salvação. Recebi de vós a vida. Vós me reconduzis à graça do vosso Filho e sois penhor seguro da minha salvação. Rogo-vos, pois, de livrar-me do peso dos meus pecados; dissipar as trevas do meu coração; reprimi as tentações dos meus inimigos e guiai a minha vida, de tal modo que eu possa, por vosso intermédio e sob a vossa proteção, chegar à felicidade eterna do Paraíso.”

Minha oração

“Ó santo defensor da doutrina e da fé católica, soube combater as heresias e ensinar a verdade, pedimos-te as graças, para que nós tenhamos a sede do conhecimento de Cristo, sede de compreendê-Lo e de amá-Lo, para que, assim, não caiamos nos erros e nas tentações. Amém.”

São João Damasceno, rogai por nós!