Clube de Imprensa

19 de Abril – Dia do Índio, Dia do Exército Brasileiro, Dia Mundial dos Simpsons e Dia de Santo Expedito

O Dia Mundial dos Simpsons chegou e é hora de mergulhar no mundo da família mais icônica da televisão.

De momentos hilariantes a curiosidades, contamos tudo o que você precisa saber para comemorar este dia como um verdadeiro fã dos Simpsons!

O Dia Mundial dos Simpsons é comemorado em 19 de abril, porque a família Simpson fez sua primeira aparição no programa de variedades The Tracey Ullman Show em 19 de abril de 1987. Isso quer dizer que os nossos amigos amarelos já alegram nossas vidas há algum tempo.

Simpsons comemorando
Imagem gerada por inteligência artificial

Falando em amarelo, você sabe por que eles são dessa cor?

A decisão de Matt Groening, o criador da série, de torná-los amarelos foi puramente acidental. Quando estava desenhando os personagens, simplesmente escolheu esta cor porque era chamativa e fácil de distinguir na televisão.

O lugar onde moram também não é uma coincidência. Springfield é uma cidade fictícia, mas inspirada em vários lugares dos Estados Unidos. Groening revelou que é um nome comum nos Estados Unidos e queria que cada espectador sentisse que a série se passava na sua própria Springfield.

casa dos Simpsons
Imagem gerada por inteligência artificial

Outro fato que nos fascina nos Simpsons é que eles são visionários. Os Simpsons são famosos por suas previsões surpreendentes sobre eventos do mundo real. Desde a presidência de Donald Trump até a epidemia do Ébola, a série retratou numerosos acontecimentos de uma forma quase profética.

O Dia do Exército Brasileiro é comemorado anualmente em 19 de abril.

Esta data homenageia a força e presença do exército nacional brasileiro como entidade de proteção do território e nação brasileira.

O Dia do Exército é celebrado em 19 de abril em memória da Batalha dos Guararapes, que ocorreu em 19 de abril de 1648, no estado de Pernambuco.

Neste episódio, um grupo de brasileiros, de diferentes etnias, mas com o mesmo sentido patriótico, se reuniu pela primeira vez para combater a dominação holandesa.

No dia 19 de abril de 1971, por sua vez, foi criado o Parque Nacional dos Guararapes. Em decorrência desses registros no dia 19 de abril, o Decreto de 24 de março de 1994 instituiu o Dia do Exército Brasileiro.

Oficialmente, o Exército Brasileiro foi criado em 1822, como um órgão subordinado ao Ministério da Defesa.

Atualmente o Dia do Exército Brasileiro serve para comemorar essa vitória, enaltecer o espírito patriótico brasileiro e para divulgar a importância dessa Força Armada.

O Exército Brasileiro é um dos três braços das Forças Armadas Brasileiras, assim como a Marinha e a Aeronáutica.

Existem cinco principais divisões dentro do Exército Brasileiro: a infantaria, a cavalaria, a artilharia, a engenharia e as comunicações.

Canção do Exército Brasileiro

Nós somos da Pátria a guarda, / Fiéis soldados, / Por ela amados. / Nas cores de nossa farda Rebrilha a glória, / Fulge a vitória. / Em nosso valor se encerra / Toda a esperança / Que um povo alcança. / Quando altiva for a / Terra Rebrilha a glória, / Fulge a vitória. / A paz queremos com fervor, / A guerra só nos causa dor. / Porém, se a Pátria amada / For um dia ultrajada / Lutaremos sem temor. / Como é sublime / Saber amar, / Com a alma adorar / A terra onde se nasce! / Amor febril / Pelo Brasil / No coração / Nosso que passe. / E quando a nação querida, / Frente ao inimigo, / Correr perigo, / Se dermos por ela a vida / Rebrilha a glória, / Fulge a vitória. / Assim ao Brasil faremos / Oferta igual / De amor filial. / E a ti, Pátria, salvaremos! / Rebrilha a glória, / Fulge a vitória. / A paz queremos com fervor, / A guerra só nos causa dor. / Porém, se a Pátria amada / For um dia ultrajada / Lutaremos sem temor.

Dia de Santo Expedito é comemorado anualmente em 19 de abril.

Esta é uma data celebrada principalmente pela comunidade cristã católica, homenageando um dos santos mais populares da doutrina, conhecido como o “Santo das Causas Justas e Urgentes”.

Muito pouco se sabe sobre a origem de Santo Expedito, a não ser que, supostamente, teria vivido durante o século IV e era comandante de uma legião de soldados romanos em defesa contra o ataque de bárbaros no Oriente.

A festa litúrgica de Santo Expedito é comemorada em 19 de abril por ser esta a provável data de sua morte. Expedito foi martirizado e morto com a cabeça decepada em 19 de abril de 303, por não renegar a fé cristã.

Atualmente, os fiéis católicos participam de missas especiais e procissões em homenagem à Santo Expedito.

Na umbanda, o dia 19 de abril é celebrado como o Dia de Logunedé, que é a representação mística sincretizada pela igreja católica como Santo Expedito.

Oração a Santo Expedito

“Meu Santo Expedito das causas justas e urgentes, interceda por mim junto ao nosso Senhor Jesus Cristo, socorre-me nesta hora de aflição e desespero. Vós que sois o Santo dos desesperados, Vós que sois o Santo das causas urgentes, proteja-me, ajuda-me, dai-me força, coragem e serenidade. Atenda ao meu pedido.

Meu Santo Expedito! Ajuda-me a superar estas horas difíceis, proteja-me de todos que possam me prejudicar, proteja a minha família, atenda ao meu pedido com urgência. Devolva-me a Paz e a tranquilidade. Meu Santo Expedito! Serei grato pelo resto de minha vida e levarei seu nome a todos que têm fé. Muito obrigado. Amém”.

Dia dos Povos Indígenas (Dia do Índio) é celebrado anualmente em 19 de abril no Brasil.

A escolha da data recorda a realização do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, que ocorreu em 19 de abril de 1940 em Patzcuaro, México.

O objetivo deste congresso era reunir os líderes indígenas das diferentes regiões do continente americano e zelar pelos seus direitos. Na ocasião, foi proposto que os países da América adotassem o dia 19 de abril como o Dia do índio.

Afinal, antes da chegada dos primeiros europeus em terras americanas, todos os países deste continente eram amplamente povoados por grandes nações indígenas.

Infelizmente, a ganância e a crueldade humana fizeram com que muitas tribos fossem totalmente dizimadas e grande parte da cultura indígena fosse esquecida.

No Brasil, a data tem como objetivo mostrar à população brasileira o quanto o povo indígena contribuiu para a sua formação.

O Dia dos Povos Indígenas foi instituído através da Lei Nº 14.402, de 8 de junho de 2022. Esta lei revogou o decreto que havia estabelecido o Dia do Índio em 1943. A mudança do nome foi uma forma de reforçar a diversidade das culturas indígenas.

A Organização das Nações Unidas (ONU) também criou o Dia Internacional dos Povos Indígenas (9 de agosto) para conscientizar os governos e população mundial sobre a importância de preservar e reconhecer os direitos dos indígenas.

Índia com ar de determinação

São Leão IX, 152º Papa da Igreja Católica, exemplo de defesa à Igreja 

Origem
São Leão IX, Brunone dos Condes de Egisheim, seu nome de Batismo, nasceu em Eguisheim, região da Alsácia (território francês). Pertencia a uma família de grandes vassalos (classe do período medieval, responsável por servir aos seus senhores feudais).

Vida e início do serviço à Igreja
Foi confiado aos cuidados e educação do Bispo de Toul, que o fez doutorar em direito canônico. Ao completar 18 anos, tornou-se cônego e, aos 22, diácono. Obediente ao Bispo e Rei, no ano de 1025, comandou cavaleiros alemães na batalha, conforme costume da época. Em seguida, em virtude do serviço prestado, recebeu uma sede episcopal e, em 1027, tornou-se Bispo de Toul, função que ocuparia pelos próximos 25 anos. Como Bispo, ficou conhecido por sua defesa valorosa à Igreja. Reformou a vida nos conventos e a forma de evangelização na diocese.

Eleito Papa
Em 1049, aos 47 anos, foi eleito Papa e sucedeu ao curto papado de Dâmaso II. Relutou em aceitar a sua escolha como Pontífice e só aceitou após a aprovação do clero romano e do povo. Como Papa, empenhou-se em reformas na vida do clero e extinguiu a simonia, que é a venda de favores divinos, como, por exemplo, a “venda” de bênçãos. É tido como iniciador da Reforma Gregoriana. Convocou, ao longo de seu papado, vários sínodos.

São Leão IX: defendeu o celibato sacerdotal

Luta contra simonia
Lutou fortemente contra o fim da simonia, defendeu o celibato sacerdotal, foi contra a nomeação de Bispos como príncipes imperiais, buscou restabelecer os valores do cristianismo primitivo. Foi também o primeiro Papa a realizar viagens pela Europa. Selou a paz entre Hungria e Alemanha, evitando uma guerra iminente.

Cisma do Oriente
Foi durante o seu papado que o Patriarca de Constantinopla, Miguel Cerulário, começou a agir de forma contrária e crítica aos ritos comuns à Igreja Latina. O Papa defendeu a tradição latina; e, com a atitude inacessível de Miguel, enviou um representante para negociar com o Patriarca e evitar conflitos maiores, mas, devido às divergências existentes, as tentativas resultaram nas excomunhões mútuas, mesmo após a morte do Papa, que levaram ao Grande Cisma, a separação da Igreja Romana e Ortodoxa.

Perseguição e morte 
Os normandos invadiram a Itália e, em defesa do povo, o Papa e os habitantes pegam em armas, com apoio e reforço do Império. Mas os normandos venceram e, entre junho de 1053 e março de 1054, foi mantido prisioneiro. Ainda que foi tratado com respeito pelos seus adversários, enfraqueceu-se e assim que retornou a Roma, morreu pouco depois, em abril de 1054. Com apenas 5 anos de Pontificado, é tido como como um guia revolucionário da Igreja. No dia de sua morte, é celebrado sua festa. Seu corpo se encontra na Basílica de São Pedro em Roma.

Minha oração
“Que São Leão IX seja este exemplo de defesa e exemplo a favor da Igreja. Que ele possa interceder, principalmente por aqueles que são autoridades eclesiásticas, para que busquem sempre a defesa da Fé e do povo de Deus.”

São Leão IX, rogai por nós!


Outros santos e beatos que a Igreja faz memória em 19 de abril

  • São Mapálico, mártir, que recomendou que à sua mãe e à sua irmã, impelidas sob tortura à apostasia, fosse concedida a paz eclesiástica, enquanto ele foi levado ao tribunal e coroado com o martírio. A ele se associa a memória de outros santos mártires, entre os quais Basso na pedreira, Fortúnio no cárcere, Paulo no tribunal, Fortunata, Vitorino, Vítor, Herémio, Crédula, Hereda, Donato, Firmo, Venusto, Fruto, Júlia, Marcial Aristão, todos eles mortos de fome no cárcere. († 250)
  • Santa Marta, virgem e mártir, na antiga Pérsia. († 341)
  • São Jorge, bispo, que morreu no exílio por defender o culto das sagradas imagens, na atual Turquia. († 818)
  • São Geroldo, eremita, que, segundo a tradição, viveu em regime de rigorosa penitência na região de Voralberg, na atual Alemanha. († c. 978)
  • Santo Elfego, bispo de Cantuária e mártir, que, durante a devastação sangrenta dos Dinamarqueses na cidade, se ofereceu a si mesmo para poupar o seu povo e, recusando ser resgatado por dinheiro, foi cruelmente ferido com ossos de animais e finalmente degolado, na Inglaterra. († 1012)
  • São Bernardo Penitente, que, para expiar com rigorosa penitência os pecados da juventude, decidiu partir para o exílio e, descalço, com vestes de feltro e contentando-se com pouco alimento, seguiu incansavelmente em peregrinação para a Terra Santa. († 1182)
  • Beato mártir Jaime Dukett, homem casado, que, denunciado por vender na sua livraria livros católicos, esteve preso durante nove anos e foi enforcado no reinado de Isabel I, juntamente com o seu denunciante, a quem, prestes a morrer, incitou a aceitar a morte pela fé católica na Inglaterra. († 1602)

Fontes:

  • vaticannews.va
  • Martirológio Romano
  • pt.aleteia.org

– Pesquisa: Emanuel França – Comunidade Canção Nova
– Produção e edição: Fernando Fantini – Comunidade Canção Nova