Clube de Imprensa

20 de Dezembro – Dia do Mecânico, Aniversário de Dourados e Dia Internacional da Solidariedade Humana

O Dia do Mecânico é comemorado anualmente em 20 de dezembro no Brasil.

A data presta homenagem aos chamados “médicos dos carros”, principal área de atuação deste profissional. Os mecânicos são os profissionais responsáveis pela manutenção e cuidados dos veículos motorizados, como carros, motocicletas e etc.

O conhecimento e a prática do mecânico o faz ser um profissional habilitado na manutenção, reparo e modificações que visam a melhoria dos equipamentos.

1a.jpg

O Dia Internacional da Solidariedade Humana é celebrado anualmente a 20 de dezembro.

A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas em 2005, por ocasião da celebração da primeira década das Nações Unidas para a Erradicação da Pobreza (1997-2006).

A celebração do Dia Internacional da Solidariedade Humana tem como objetivo destacar a importância da ação colectiva para superar os problemas globais e alcançar os objetivos mundiais de desenvolvimento, de forma a construir um mundo melhor e mais seguro para todos.

Neste dia, os governos são recordados dos seus compromissos com os acordos internacionais, sobre a necessidade da solidariedade humana como uma forma de combater a pobreza. As pessoas são incentivadas a debater sobre os meios de promover a solidariedade e a encontrar métodos inovadores para ajudar a erradicar a pobreza e a fome.

Entre muitas outras iniciativas que decorrem pelo globo, destacam-se as organizadas pelas Nações Unidas. A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, por exemplo, conta com 17 objetivos divididos em metas para melhorar parâmetros a nível mundial, reforçar a solidariedade global dos participantes, engajamento para mobilização de recursos, estratégias para promover a paz e melhorar a vida das pessoas em situação vulnerável.

É tradição deste dia o Secretário-Geral das Nações Unidas enviar uma mensagem ao mundo.

Dourados completa 88 anos nesta quarta-feira, 20 de dezembro, e com o feriado municipal a Prefeitura de Dourados reforça a importância da população ficar atenta aos serviços que serão realizados em horários especiais.

Confira o que abre e fecha neste feriado e participe da programação de aniversário no Dourados Brilha.

ÓRGÃOS PÚBLICOS
Os órgãos públicos e repartições fecham na quarta-feira (20), e retomam as atividades na quinta-feira (21).

SAÚDE
As Unidades Básicas de Saúde fecham no feriado. Os atendimentos de urgência e emergência serão concentrados na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), que funciona 24h e no Hospital da Vida.

O PAM (Pronto Atendimento Médico) atende em horário especial com a Farmácia e Sala de Vacinação.

Farmácia do PAM
20/12: das 7h às 17h

Sala de Vacinação
20/12: das 8h às 12h
21 e 22/12: das 14h às 19h

EDUCAÇÃO
As escolas irão funcionar conforme o calendário estabelecido pelas instituições.

COLETA DE LIXO
Segundo a Financial Construtora Industrial Ltda, que é responsável pela coleta, tratamento e destinação final de resíduos sólidos domiciliares do município, nesta quarta-feira (20) não haverá coleta de lixo ou atendimento nos ecopontos e picador. O mesmo acontece na segunda-feira (25), Natal, e no dia 1º de janeiro de 2024, Ano Novo.

Todos os serviços seguem normalmente nos demais dias, conforme calendário já estabelecido.

COMÉRCIO
Conforme o Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados), a abertura do comércio no dia 20 de dezembro é facultativa, cabendo ao proprietário decidir sobre a abertura.

BANCOS E COOPERATIVAS
Bancos e cooperativas fecham no feriado e retornam normalmente na quinta-feira (21). O Sindicato dos Bancários ressalta a importância de o consumidor ficar atento aos prazos e vencimentos, uma vez que o feriado é apenas em Dourados.

DOURADOS BRILHA
A programação de aniversário do Dourados Brilha, na Praça Antônio João, tem início às 19h, com a missa na Catedral Imaculada Conceição e em seguida haverá queima de fogos e o show com o cantor Rafael Sá.

São Domingos de Silos, restaurador do mosteiro de Silos

Origens 

São Domingos nasceu em Cañas, vila da província de Navarra (Espanha), isso no ano 1000, dentro de uma humilde família cristã. Quando o pai de Domingos enxergou a inclinação do filho para os estudos religiosos, tratou logo de encaminhá-lo para a formação que o levou — por vocação —, ao sacerdócio.

Ordenação
Ordenado sacerdote, passou mais de um ano na família e, depois, viveu dezoito meses na solidão. Com o passar do tempo, entrou para a família beneditina, ingressando no mosteiro de Santo Emiliano, onde logo foi feito mestre dos noviços pelo abade do mosteiro. Em seguida, foi encarregado de restaurar o priorado de Santa Maria de Cañas. Após isso, foi feito prior do mosteiro de Santo Emiliano.

Eremita
Certo dia, o príncipe de Navarra, sem dinheiro para as suas guerras, veio ao mosteiro exigir uma contribuição exorbitante. Os monges estavam dispostos a ceder, mas Domingos recusou. Fugindo da vingança do príncipe, exilou-se em Burgos, onde Fernando Magno, rei de Castela e Aragão, o recebeu em seu palácio. São Domingos retirou-se, todavia, para um eremitério fora da cidade. Então, o rei pensou no mosteiro de São Sebastião de Silos, quase abandonado, e deu-o ao recém-chegado, a 14 de janeiro de 1041.

São Domingos de Silos e as três coroas

Um sonho, um chamado
Na Ordem de São Bento, São Domingos de Silos descobriu o seu chamado a uma contemplação profunda e ações que salvassem almas, sendo assim, recebeu de um anjo em sonho a promessa de 3 coroas que significavam: uma por ter abandonado o mundo mal e se ter encaminhado para a vida perfeita; outra por ter construído Santa Maria de Cañas e ter observado castidade perfeita; e a terceira pela restauração de Silos. De fato, esta última coroa se realizou perfeitamente, pois durante os 30 anos de pai (abade) no mosteiro de São Sebastião em Silos, este local tornou-se centro de cultura e cenáculo de evangelização para a Igreja e o Mundo.

Libertou Escravos
Tornou-se um dos homens mais populares da Espanha após libertar um bom número de escravos cristãos detidos pelos mouros. Por volta do ano 1061, Domingos restaurou o culto de São Vicente e de suas irmãs, mártires de Ávila, que foram esquecidos nas ruínas causadas pela guerra árabe.

Páscoa
O abade de Silos faleceu a 20 de dezembro de 1073, entre os seus numerosos filhos espirituais e assistido pelo Bispo de Burgos. Foi sepultado no claustro.

Via de Santificação
São Domingos, que foi amado pelo povo e respeitado por reis e rainhas, operou em vida e também depois da morte muitos milagres, os quais provaram com clareza o quanto se encontra no Céu tão íntimo, quanto buscava ser aqui na terra.

Relíquia
Em 1076, o Bispo de Burgos transferiu o corpo de São Domingos para a igreja de São Sebastião. E a abadia foi perdendo pouco a pouco o nome de São Sebastião para adotar o de São Domingos.

Minha oração

“Querido monge Domingos, suscitai novas vocações à vida contemplativa, à doação total de vida, aos carismas de clausura para que a  Igreja seja sustentada na oração e oblação dessas almas amantes do Senhor. Amém.”

São Domingos de Silos, rogai por nós!