Clube de Imprensa

20 de Março – Início do Outono, Dia Internacional da Felicidade e Santa Maria Josefa

O Início do Outonotambém chamado Equinócio de Outono, acontece no dia 20 de março de 2024, exatamente às 00h06.

No hemisfério Sul, onde está localizado o Brasil, o outono começa sempre entre: dias 20 e 21 de março, ou seja, quando termina o verão.

No Brasil e no resto do hemisfério sul, o outono termina entre: dias 20 e 21 de junho, quando tem início o inverno.

Essa estação é caracterizada pela troca de folhas das árvores sazonais, que começam a se preparar para a chegada do inverno.

O outono do hemisfério Sul é chamado de “austral”, enquanto no hemisfério Norte é conhecido por “outono boreal”.

Características do outono

O outono é a estação do ano que tem características intermediárias às do verão e do inverno, pois ocorre entre essas duas estações.

Reconhecemos o outono pela perda gradativa da coloração das folhas, fazendo com que essa estação seja marcada por tons amarelos, castanhos e vermelhos. Observamos também que nas árvores a tendência é que as folhas caiam.

As características do outono podem variar de uma região para outra. Entretanto, podemos simplificar as principais características observadas em:

  • As condições climatológicas passam por mudanças rápidas;
  • Por se tratar da transição de um período mais quente para uma estação mais fria, as temperaturas tendem a diminuir gradativamente;
  • As folhas de algumas árvores começam a mudar de cor por causa da diminuição da clorofila, já que com menos luz não ocorre a fotossíntese;
  • As noites começam a ficar mais longas e, por isso, os dias são mais curtos pela inclinação dos hemisférios em relação ao Sol;
  • As folhas tendem a cair para que as árvores economizem energia já que ocorre a diminuição da fotossíntese;
  • Os nevoeiros se formam pela condensação do vapor d’água no ar, resultado da umidade elevada e queda da temperatura.
Ponte e calçada coberta de folhas secas, na cidade de Blumenau, Santa Catarina
Ponte e calçada coberta de folhas secas, na cidade de Blumenau, Santa Catarina

Dia Internacional da Felicidade é comemorado anualmente em 20 de março.

International Day of Happiness, como é conhecido mundialmente, tem o objetivo de promover a felicidade e alegria entre os povos do mundo, evitando os conflitos e guerras sociais, étnicas ou qualquer outro tipo de comportamento que ponha em risco a paz e o bem-estar das sociedades.

O Dia Mundial da Felicidade foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas), em junho de 2012.

Origem do Dia Internacional da Felicidade

A decisão de criar um dia dedicado à felicidade surgiu durante uma reunião geral das Nações Unidas, sob o tema “Felicidade e Bem-Estar: Definindo um Novo Paradigma Econômico”, em abril de 2012. Mas, o “pontapé inicial” da iniciativa foi do Butão, um pequeno país asiático, que se orgulha de possuir uma das populações “mais felizes do mundo”.

Com aprovação total dos 193 países-membros, a proposta de Butão foi aceita e o Dia Internacional da Felicidade passou a incorporar o calendário oficial da ONU em 20 de março.

Assim, em 2013 o mundo comemorou pela primeira vez o Dia Internacional da Felicidade.

Desde 1972, Butão adota uma postura de “felicidade bruta e absoluta”, fazendo com que a “Felicidade Nacional Bruta” seja prioridade acima do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

equinócio de outono é um fenômeno astronômico que ocorre todos os anos no mês de março no dia 20, ou 21 caso o ano seja bissexto. Este ano, ele acontece no dia 20 de março de 2024 às 00h06 precisamente!

De origem latina, a palavra “equinócio” significa “noites iguais”, resultado da junção de aequis, igual + nox, noite. É que nessa data, dia e noite têm a mesma duração.

No Brasil, o outono tem início entre os dias 20 e 21 de março e termina entre 21 e 22 de junho. É a estação que se caracteriza por temperaturas mais amenas, queda das folhas, ventos e nevoeiros e menos chuva, embora essas características variem conforme a região do país.

No ano acontecem dois equinócios, o equinócio de outono no mês de março e o equinócio da primavera no mês de setembro que determinam quando acontecem essas estações no hemisfério Sul.

O solstício, por sua vez, acontece no verão e no inverno, ou seja, tanto os equinócios quanto os solstícios marcam o início de uma nova estação.

Paisagem de outono com árvore avermelhada

Como o equinócio de outono acontece?

Durante o verão, pouco a pouco, os dias vão sendo mais curtos do que a noite, até chegar o momento em que ambos têm a mesma duração ou “equinócio”.

O equinócio é a ocasião na qual os raios solares têm maior incidência nas regiões próximas da linha do Equador. Por este motivo, nesta data, o dia e a noite têm o mesmo período de tempo (cerca de 12 horas).

Equinócios e solstícios Brasil

Por causa da inclinação da Terra, o hemisfério Sul passará a receber menos luz solar e o hemisfério Norte, mais luz. Por isso, no Hemisfério Sul começa o outono e no Hemisfério Norte, a primavera.

Dia Mundial da Saúde Bucal
O Dia Mundial da Saúde Bucal, celebrado em 20 de Março, foi criado para conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com a higiene oral e a prevenção de problemas dentários.
Segundo o Ministério da Saúde, as doenças bucais afetam cerca de 3,5 bilhões de pessoas no mundo e costumam estar associadas a outros problemas graves de saúde. A falta de uma higiene bucal adequada pode causar não apenas a perda de dentes e doenças na boca, mas provocar ou agravar outras enfermidades. Uma prática simples, a visita regular ao dentista, poderia diminuir, substancialmente, esses números.

O Dia Nacional do Teatro para a Infância e a Juventude passará a ser celebrado no Brasil em 20 de março, segundo projeto de lei de autoria da senadora Fátima Cleide (PT-RO) aprovado nesta terça-feira (30) por unanimidade, em decisão terminativa, pela Comissão de Educação (CE).- A criação dessa data nacional voltada à cultura e às artes é importante para o desenvolvimento de nossas crianças e de nossos jovens e representa mais um incentivo para o teatro nessa etapa da vida – disse Fátima Cleide, ao agradecer a aprovação do PLS 283/04, que teve como relator o senador Aelton Freitas (PL-MG).

O dia 20 de março foi escolhido, segundo a senadora, para coincidir com o Dia Mundial do Teatro para a Infância e a Juventude, já comemorado anualmente, desde 1995, pelo Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e a Juventude.

Fonte: Agência Senado

A Lei nº 12.531, de 2 de Dezembro de 2011 instituiu o dia 20 de março como Dia Nacional da Aquicultura . A data escolhida para a comemoração refere-se à cessão dos primeiros títulos de uso de águas da União para criação de pescado.

 

diadaaquicultura

Dia Mundial Sem Carne
A data é lembrada desde 1985, com o objetivo de alertar sobre os males provocados pelo excesso do consumo da carne, além da preocupação com o bem-estar dos animais e o equilíbrio ambiental.
Neste 20 de março, é celebrado o Dia Mundial Sem Carne. A data alerta para problemas relacionados a excessos na produção e consumo do alimento. As consequências para a saúde humana, para o bem-estar dos animais e para o equilíbrio ambiental são os principais focos da campanha.

Hoje, 20 de março, é comemorado o Dia Nacional de Atenção à Disfagia, que possui o intuito de alertar a população e todos os profissionais da saúde sobre a importância de haver o devido diagnóstico da disfagia para se obter um tratamento correto.

A disfagia é uma alteração no trajeto do alimento da boca até o estômago, causada por múltipla condições que afetam tanto a deglutição – disfagia orofaríngea por dificuldade de engolir – como a progressão de conte

O Dia da Língua Francesa celebra-se, anualmente, a 20 de março.

O seu objetivo é promover a língua francesa, bem como dar a conhecer a cultura e história associadas à língua.

Foi escolhido o dia 20 de março por ser o dia da fundação da Organização Internacional da Francofonia (1970) e faz parte de uma iniciativa da ONU, criada em 2010, para celebrar a diversidade linguística e cultural. Ao longo do ano, além do francês, são também assinalados os dias das línguas árabe, castelhana, inglesa, mandarim e russa.

Dia 20 de março se comemora o Dia Nacional do Contador de Histórias. Não é de hoje que essa prática existe, os contadores de histórias atuam há séculos. De certa forma, a evolução da humanidade está diretamente ligada à arte de contar histórias. É só lembrar que até a invenção da escrita, as tradições, conhecimentos e histórias eram passadas oralmente, de geração em geração. E mesmo depois, grande parte da população não sabia ler e escrever e recorria aos contadores de histórias para manter viva a cultura de sua família ou região.

Santa Maria Josefa, padroeira dos doentes e dos cuidadores

Origens
Maria Josefa do Coração de Jesus foi a primogênita de Barnabé Sancho, serralheiro, e de Petra de Guerra, doméstica. Nasceu na Espanha, dia 7 de setembro de 1842, e foi batizada no dia seguinte. Ficou órfã de pai muito cedo; e foi sua mãe quem a preparou para a primeira comunhão, recebida aos dez anos. Completou a sua formação e educação em Madri, na casa de alguns parentes e, desde muito cedo, começou a demonstrar uma grande devoção à Eucaristia e a Nossa Senhora. Também teve uma forte sensibilidade em relação aos pobres, aos doentes e uma inclinação para a vida interior.

A descoberta vocacional
Aos dezoito anos, Maria Josefa voltou a sua cidade natal, Vitória, e logo manifestou a sua mãe o desejo de entrar para um mosteiro. Sentia-se atraída pela vida de clausura. Mais tarde, costumava dizer: “Nasci com a vocação religiosa”. Logo decidiu entrar no Instituto Servas de Maria, recentemente fundado em Madri, por madre Soledade Torres Acosta.

Nova fundação – inspiração de Deus
Ao aproximar-se de seus votos, foi assaltada por graves dúvidas e incertezas sobre seu chamado para aquele Instituto. Admitiu essa disposição a vários confessores, chegando até a dizer que tinha se enganado quanto à própria vocação. Mas os constantes contatos com o arcebispo de Saragoça, futuro santo, Antônio Maria Claret, e as conversas serenas com madre Soledade Torres Acosta, amadureceram nela a possibilidade de fundar uma nova família religiosa, que se dedicasse aos doentes em casa ou hospitais. Assim, aos vinte e nove anos, ela fundou o Instituto das Servas de Jesus, na cidade de Bilbao, em 1871.

Padroeira dos doentes e dos cuidadores e intercessora do Instituto Servas de Jesus da Caridade

Doença e sofrimento
Por 41 anos, foi a superiora do Instituto. Acometida por uma longa e grave enfermidade, que a mantinha no leito ou numa poltrona, sofreu muito antes de morrer, contudo sem deixar sua atividade de lado. Por meio de uma intensa e expressa correspondência, solidificou as bases dessa nova família mesmo doente.

Frutos em vida
No momento da sua morte, em 20 de março de 1912, havia milhares de religiosas espalhadas por quarenta e três casas.

Páscoa
A sua morte foi muito sentida em toda a região; e o seu funeral teve uma grande manifestação de pesar. Os seus restos mortais foram trasladados para a Casa-Mãe, em Bilbao, onde ainda se encontram. A causa da canonização de madre Maria Josefa começou em 1951; foi solenemente beatificada pelo Papa João Paulo II, em 1992, e, depois, canonizada, em 1 de outubro de 2000, pelo mesmo pontífice em Roma.

O Carisma e a Devoção

O carisma
Os pontos centrais da espiritualidade de madre Maria Josefa podem definir-se como: um grande amor à Eucaristia e ao Sagrado Coração de Jesus; uma profunda adoração do mistério da Redenção e uma íntima participação nas dores de Cristo e na Sua Cruz; e a completa dedicação ao serviço aos doentes, num contexto de espírito contemplativo. Afirma o diretório da congregação religiosa das servas de Jesus da caridade, “Desta maneira, as funções materiais do nosso Instituto, destinadas a salvaguardar a saúde corporal do nosso próximo, elevam-se a uma grande altura e fazem a nossa vida ativa mais perfeita que a contemplativa, como ensinou o Doutor angélico, São Tomás de Aquino, que falou dos trabalhos dirigidos à saúde da alma, que vêm da contemplação”.

Servas de Jesus
O serviço aos doentes tornou-se, assim, a oblação generosa das Servas de Jesus, seguindo o exemplo da sua Fundadora. Hoje, espalhadas pela Europa, América Latina e Ásia, as Servas procuram dar pão aos famintos, acolher os doentes e outros necessitados, criar centros para pessoas idosas, desenvolvendo sempre a pastoral da saúde e outras obras de caridade.

Oração
Deus onipotente, que concedestes grande santidade à vossa serva santa Maria Josefa, concedei-nos a graça que humildemente vos pedimos, sobretudo a força para perseverar no amor de vosso Filho. Que vive e reina para sempre. Amém.

Minha oração
“A nossa santa rogamos a graça da saúde aos enfermos, mas também pedimos uma santa morte. Aos cuidadores, que seja concedido a força e o ânimo, o amor necessário para o ofício. E a nós pedimos a saúde do corpo e da alma.”

Santa Maria Josefa do Coração de Jesus, rogai por nós!


Outros beatos e santos que a Igreja faz memória em 20 de março:

  • Santo Arquipo, companheiro do apóstolo São Paulo, que o menciona nas suas epístolas a Filémon e aos Colossenses.
  • Santos PauloCirilo e outro, mártires em Antioquia, na Síria, atualmente na Turquia,  († data inc.)
  • Santo Urbício, bispo em Metz, na Gália Bélgica, hoje na França.(† c. 450)
  • Em Braga, cidade da Galécia, hoje em Portugal, São Martinho, bispo, oriundo da Panónia, na atual Hungria.(† c. 579)
  • São Cutberto, bispo de Lindisfarne. Na ilha de Farne, na Nortúmbria, na atual Inglaterra. († 687)
  • No mosteiro de Fontenelle, na Nêustria, atualmente na França, a deposição de São Vulfrano, que, sendo monge, foi eleito bispo de Sens. († c. 700)
  • São Nicetas, bispo de Apolónia, na Macedónia. († 733)
  • Santos vinte monges em Sena, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália. († 797)
  • Beato Ambrósio Sansedóni, presbítero da Ordem dos Pregadores em Sena, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália. († 1287)
  • São João Nepomuceno, presbítero e mártir em Praga, na Boémia, atualmente na Chéquia. († 1393)
  • Beato Baptista Spagnóli, presbítero da Ordem dos Carmelitas na Mântua, na Lombardia, região da Itália. († 1516)
  • Beato Hipólito Galantíni, que fundou a Irmandade da Doutrina Cristã em Florença, na Etrúria, atualmente na Toscana, região da Itália.(† 1619)
  • Beata Joana Verón, virgem e mártir em Ernée, localidade do território de Mayenne, na França. († 1794)
  • Beato Francisco de Jesus Maria e José (Francisco Palau Quer), presbítero da Ordem dos Carmelitas Descalços, em Tarragona, na Espanha.(† 1872)
  • São José Bilczewski, bispo em L’viv, na Ucrânia, († 1923)

Fontes:

  • vaticannews.va
  • Martirológio Romano
  • Liturgia das Horas
  • Diretório de Liturgia da Igreja no Brasil [Ed CNBB 2022]
  • Livro “Relação dos Santos e Beatos da Igreja” – Prof Felipe Aqui [Cléofas 2007]
  • Diretório da Congregação das Servas de Jesus da Caridade
  • Imagem: Wikimedia Commons

– Pesquisa: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova
– Produção e edição: Fernando Fantini – Comunidade Canção Nova