Clube de Imprensa

24 de Janeiro – Dia dos Aposentados, Dia Internacional da Educação e São Francisco de Sales

Dia Nacional dos Aposentados é comemorado anualmente em 24 de janeiro.

Esta data é destinada a homenagear os profissionais que se dedicaram a vida inteira ao trabalho e agora usufruem de um merecido descanso. No nosso país os aposentados desfrutam dos benefícios da previdência social, recebendo do governo uma remuneração por todos os anos de serviços prestados ao país.

De acordo com a legislação brasileira, existem cinco categorias específicas de aposentadoria: a compulsória, a especial, por idade, por invalidez ou por tempo de contribuição.

Origem do Dia dos Aposentados

Esta data foi criada em homenagem à instituição da primeira lei brasileira destinada à previdência social, em 24 de janeiro de 1923, pelo então presidente Artur Bernardes: a Lei Eloy Chaves.

O Decreto de Lei nº 6.926/81 determinou o dia 24 de janeiro como o Dia Nacional dos Aposentados no Brasil.

DIA MUNDIAL DA CULTURA AFRICANA E AFRODESCENDENTE

No dia 24 de janeiro, comemora-se o Dia Mundial da Cultura Africana e Afrodescendente, estabelecido em 2019 pela Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Essa comemoração assemelha-se com a adoção da Carta para o Renascimento Cultural Africano em meados de 2006, assinado pelos Chefes de Estado e de Governo da África União.

A cultura africana chegou ao Brasil com os povos escravizados trazidos da África durante o longo período em que durou o tráfico negreiro transatlântico. A diversidade cultural da África refletiu-se na diversidade dos escravos, pertencentes a diversas etnias que falavam idiomas diferentes e trouxeram tradições distintas.

São inúmeras as contribuições da cultura de origem africana para a construção da personalidade brasileira. Elas estão em toda parte. A promoção da cultura africana e afrodescendente é de suma importância para o desenvolvimento da humanidade como um todo, desde o saber, a música, o diálogo, a culinária, a religião, a linguagem e as expressões corporais.

Dia Internacional da Educação 

“O Dia Internacional da Educação é uma data comemorativa que tem como papel reforçar a importância da educação no desenvolvimento da humanidade em diversos aspectos. Atualmente existe uma divergência na sua celebração, pois alguns a fazem em 24 de janeiro, e outros, em 28 de abril.”

A educação é uma importante ferramenta no combate às desigualdades, além de garantir melhores oportunidades para o indivíduo.
Não é à toa que a Organização das Nações Unidas, a ONU, reconhece na importância da educação de qualidade para o desenvolvimento de crianças e adolescentes e para o combate às desigualdades sociais e de gênero. Claro que esse combate só é possível com uma educação que promova inclusão e igualdade.

Foi devido a sua importância que a ONU incluiu a educação como um de seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Isso porque a organização entende que a educação tem, de fato, um papel no combate à pobreza e que ela é fundamental para garantir a proteção do meio ambiente, além da paz e prosperidade entre as pessoas.

Para a ONU, a educação de qualidade é o seu quarto ODS (de um total de 17). Esse compromisso foi assinado por 193 países, dos quais o Brasil faz parte, e visa ao alcance dessas metas até o ano de 2030″

Dia da Previdência Social 

São Francisco de Sales, patrono dos escritores e dos jornalistas

Origens
São Francisco de Sales nasceu na província de Savóia em 1567. Pertencente à nobre família de Barões de Boisy, cresceu no castelo de Sales. Sua mãe, uma condessa, buscou formá-lo muito bem com os padres da Companhia de Jesus, onde, dentre muitas disciplinas, também aprendeu várias línguas. Muito cedo, fez um voto de viver a castidade e buscar sempre a vontade do Senhor. Ao longo da história desse santo muito amado, é possível perceber o quanto ele buscou e o quanto encontrou o que Deus queria.

Vocação
Certa ocasião, atacado pela tentação de desconfiar da misericórdia do Senhor, ele buscou a resposta dessa dúvida com o auxílio de Nossa Senhora e, assim, a desconfiança foi dissipada. Estudou Direito em Pádua, mas, contrariando familiares, quis ser padre. Em 18 de dezembro de 1593, foi ordenado sacerdote aos 26 anos de idade. Foi um sacerdote que buscou a santidade não só para si, mas também para os outros.

Nomeado Bispo
No seu itinerário de pregações, de zelo apostólico e de evangelização, semeando a unidade e espalhando, com a ajuda da imprensa, a sã doutrina cristã, foi escolhido por Deus para o serviço do episcopado em Genebra. Em 1599, foi nomeado bispo coadjutor e, após três anos, passou a ser titular, com sede em Annecy, França. Um apóstolo do amor e da misericórdia, visitava paróquias, reorganizava mosteiros, conventos e dedicava-se à pregação e catequeses para os fiéis.

São Francisco de Sales era amigo de Joana Francisca de Chantal

“Introdução à vida devota”
Durante uma pregação em Dijon, em março de 1604, conheceu Joana Francisca de Chantal, com quem formou uma grande amizade. No ano de 1608, escreveu e dedicou-lhe o livro “Introdução à vida devota”. Neste livro, São Francisco de Sales resumia os princípios da vida interior e ensinava como amar a Deus.

Amizade que inspira
A amizade com Joana contribuiu para que fundassem a Congregação da Visitação de Santa Maria, em 1610, em Annecy, com o intuito de prestar socorro aos pobres e necessitados. Anos mais tarde, a Congregação tornou-se Ordem Contemplativa e as monjas passaram a ser chamadas de Visitandinas.

Páscoa
São Francisco de Sales morreu em 28 de dezembro de 1622, em Lyon. No ano seguinte, seus restos mortais foram encaminhados para Annecy. Esse grande santo da Igreja morreu com 55 anos, sendo que 21 deles foram vividos no episcopado como servo para todos e sinal de santidade.

Via de Santificação
Declarado Doutor da Igreja pelo Papa Pio IX, em 1877, é também titular e patrono da família salesiana, fundada por Dom Bosco, que se inspirou nele ao adotar o nome [salesiano]. Também é patrono dos escritores e dos jornalistas devido ao estilo e ao conteúdo de seus escritos. Foi beatificado em 1661 pelo Papa Alexandre VII, que também o canonizou em 1665.

Minha oração

“Doutor da mansidão, ensinai aos teus devotos o caminho para tão grande equilíbrio e paz. Assim como conduz-nos à misericórdia e paciência com os pecadores, os que estão mais próximos e vivem conosco. Amém.”

São Francisco de Sales, rogai por nós!

Outros santos e beatos celebrados em 24 de janeiro

  • Em Folinho, na Úmbria, região da Itália, São Feliciano é considerado o primeiro bispo desta região. († c. s. III)
  • No território de Troyes, na Gália Lionense, na atual França, São Sabiniano, mártir. († s. III)
  • Em Antioquia, na Síria, hoje Antakya, na Turquia, a paixão de São Bábila, bispo. Segundo a tradição, com ele sofreram também o martírio três jovens, a saber, UrbanoPrilidano e Epolono, que ele tinha instruído na fé de Cristo. († 250)
  • Em Cíngoli, no Piceno, hoje região das Marcas, na Itália, Santo Exuperâncio, bispo. († c. s. V)
  • Em Binaco, próximo de Milão, na Lombardia, região da Itália, a Beata Paula Gambara Costa, viúva, que, associada à Ordem Terceira de São Francisco. († 1515)
  • Em Londres, na Inglaterra, os beatos mártires Guilherme Ireland, presbítero da Companhia de Jesus, e João Grove, seu auxiliar, que no reinado de Carlos II.(† 1679)
  • Em Sainville, localidade do território de Chartres, na França, a Beata Maria Poussepin, virgem, que fundou a Congregação das Irmãs Dominicanas da Caridade da Apresentação da Santíssima Virgem. († 1744)
  • Em Pratulin, da região de Siedlice, na Polónia, os beatos Vicente Lewoniuk e doze companheiros mártires. († 1874)
  • Em Roma, o Beato Timóteo (José) Giacardo, presbítero.  († 1948)

Fonte:

  • Livro “Um santo para cada dia” – Mário Sgarbossa – Luigi Giovannini [Paulus, Roma, 1978]
  • Livro “Santos de cada dia” – José Leite, SJ [Editorial A.O. Braga, 2003]
  • Martirológio Romano
  • Vaticannews.va
  • Vatican.va

– Produção e edição: Melody de Paulo
– Oração: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova