Clube de Imprensa

25 de Fevereiro – Dia da Criação do Ministério da Comunicação e Dia dos Santos: Luís Versiglia e Calisto Caravario

Dia da Criação do Ministério das Comunicações

25.02 - Fachada MCom (Pablo Le Roy - MCom) portal.JPG

Há 55 anos, no dia 25 de fevereiro de 1967, era criado o Ministério das Comunicações (MCom). Através do Decreto-lei nº 200/1967, ficou regulamentado que as atribuições da pasta seriam regular os serviços de radiodifusão, serviços postais, de telecomunicações e suas entidades vinculadas, além, é claro, de gerenciar as políticas nacionais em áreas correlatas, como a inclusão digital.

De lá pra cá, muita história aconteceu. O MCom liberou várias outorgas de rádio – importante lembrar que esse é o veículo de comunicação mais importante na história do Brasil; implementou e fez a manutenção de vários sistemas, visando a comunicação a distância; e aproximou vários brasileiros através das cartas que foram enviadas pelos Correios.

Nesse trajeto, o MCom se tornou uma secretaria do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), e de lá também continuou com o trabalho para gerar melhorias no setor. Em 2020, a pasta voltou a ter status de ministério e o esforço não parou. O MCom criou programas que fazem a diferença no dia a dia da população, como o Wi-Fi Brasil, Computadores para Inclusão e Norte Conectado. Mais recentemente, o ministério avançou na oferta da internet 5G no país.

Santos Luís Versiglia e Calisto Caravario, santos salesianos

Origens
Missionários na China, os santos mártires Luís Versiglia, bispo, e Calisto Caravario, presbítero da Sociedade Salesiana, sofreram o martírio por terem dado assistência cristã aos fiéis que lhes estavam confiados nos anos de 1930.

São Luís Versiglia
São Luís Versiglia nasceu, dia 5 de junho de 1873, em Oliva Gessi, na província de Pavia, na Itália. Aos doze anos, foi recebido por Dom Bosco em Valdocco. Foi noviço modelo aos 16 anos. Emitiu os votos religiosos na Congregação Salesiana a 11 de outubro de 1889. Foi responsável pela primeira expedição salesiana à China em 1906. Em Macau, transformou um pequeno orfanato numa moderna escola profissional para órfãos. Foi sagrado Bispo em Cantão em 1921.

São Calisto Caravario
São Calisto Caravario nasceu, dia 13 de julho de 1842, em Canavesse (Itália), em 1903. Foi chamado pelo ideal do sacerdócio, que amadureceu no ambiente salesiano de Turim. No dia 19 de setembro de 1919, pronunciou os votos religiosos na congregação de Dom Bosco. Em 1922, conheceu D. Luís Versiglia, de passagem por Turim, ao qual revelou: “Hei de segui-lo na China”.

Amizade de Fé: Luís Versiglia e Calisto Caravario

Missão na China
Na missão na China, São Calisto Caravario, em uma recente comunidade cristã, demonstrou diversas qualidades de zelo e virtudes sacerdotais. Seis meses se passaram desde a sua chegada, quando soube que São Luís Versiglia viria em visita pastoral à sua comunidade. Ele imediatamente foi a Shiu-chow para acompanhá-lo até lá. Dois professores se juntaram a eles na viagem, um professor e um catequista da missão.

Resultados da Missão
Prestaram assistência incansavelmente aos cristãos e às almas a eles confiadas. Converteram multidões com grande zelo pastoral.

Páscoa
Os santos Luís Versiglia e Calisto Caravario, os missionários salesianos, foram martirizados, no dia 25 de fevereiro de 1930, por testemunharem, com a sua vida, a fé em Cristo e na Igreja Católica.

Via de Santificação
Os dois mártires foram beatificados em 15 de maio de 1983 por João Paulo II, e canonizados por ele em 1 de outubro de 2000 junto com outros 118 mártires da China.

Minha oração
“Pelo exemplar martírio desses membros da Igreja, coragem e desapego de si, pedimos ao Senhor o amor pela evangelização das nações e dos povos. Que a Providência se encaminhe de nos levar para onde exista a necessidade do Evangelho. Amém.”

Santos Luís Versiglia e Calisto Caravario, rogai por nós!

Outros santos e beatos celebrados em 25 de fevereiro 

  • Em Perga, na Panfília, na atual Turquia, a paixão de São Nestor, bispo de Magido e mártir. († c. 250)
  • Na Turquia, São Cesário, médico, irmão de São Gregório de Nazianzo. († 369)
  • Em Maubeuge, na Gália Bélgica, atualmente na França, Santa Adeltrudes, virgem e abadessa. († 526)
  • No mosteiro de Heindenheim, na Francónia, hoje na Alemanha, Santa Valburga, abadessa. († 779)
  • Em Agrigento, na Sicília, região da Itália, São Gerlando, bispo. († 1100)
  • No priorado de Orsan, no território de Bourges, região da Aquitânia, atualmente na França, o falecimento do Beato Roberto de Abrissel, presbítero. († 1116)
  • Em Lucca, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália, o Beato Avertano, peregrino e religioso da Ordem dos Carmelitas. († c. 1386)
  • No México, o Beato Sebastião Aparício, que foi recebido na Ordem dos Frades Menores e morreu quase centenário. († 1600)
  • Em Láuria, na Lucânia, hoje na Basilicata, região da Itália, o Beato Domingos Lentíni, presbítero. († 1828)
  • Em Osaka, no Japão,o Beato Diogo Yuki Ryosetsu, presbítero da Companhia de Jesus e mártir. († 1636)
  • Em Mdina, localidade da ilha de Malta, a Beata Maria Adeodata (Teresa) Pisáni, virgem da Ordem de São Bento. († 1855)
  • Em Xilinxian, cidade do Guangxi, província da China, São Lourenço Bai Xiaoman, mártir, operário e neófito.  († 1856)
  • Em Toledo, na Espanha, o Beato Ciríaco Maria Sancha y Hervás, bispo e fundador da Congregação das Irmãs da Caridade do Cardeal Sancha. († 1909)
  • Em Tequila, localidade do território de Guadalajara, no México, São Turíbio Romo, presbítero e mártir. († 1928)
  • Na Argentina, a Beata Maria Ludovica, virgem da Congregação das Filhas de Nossa Senhora da Misericórdia. († 1962)

Fonte:

  • Martirológio Romano
  • Salesianos.pt
  • Vaticannews.va
  • Vatican.va

– Produção e edição: Melody de Paulo
– Oração: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova

Pular para o conteúdo