Clube de Imprensa

26 de Fevereiro – Dia de Contar um Conto de Fadas, Dia de Santo Alexandre e Santo Porfirio

Dia de Santo Alexandre é comemorado anualmente  em 26 de fevereiro.

Esta data é celebrada como uma festa litúrgica do calendário religioso cristão, principalmente pela igreja católica.

Existe diversos santos que levam este nome, mas esta data é destinada a homenagear o patriarca de todos: Santo Alexandre do Egito.

Santo Alexandre teria nascido por volta do ano 250 d.C e ficou conhecido pela sua oposição e luta contra a heresia Ariana, que dizia ser Jesus Cristo uma criatura que não era dotada de divindade, ou seja, que Jesus não era Deus, como acreditavam os católicos.

Santo Alexandre também é reconhecido pela sua extrema bondade e inteligência, levando-o a ser consagrada Bispo de Alexandria.

Atualmente, Santo Alexandre do Egito é considerado o patriarca da cidade de Alexandria.

Santo Alexandre teria morrido poucos meses após conseguir reunir o concílio de Nicéia e pôr fim as teorias Arianas, em 26 de fevereiro de 328, data que foi escolhida para sua homenagem.

26/02 Dia de Contar um Conto de Fadas (Tell a Fairy Tale Day)
Contos de Fadas são uma antiga tradição de histórias antigamente orais e posteriormente também escritas que, ao longo do tempo, foram encantando adultos e crianças. Muitos dos contos mais famosos hoje começaram como lições a serem passadas, com o objetivo de ensinar a evitar o perigo ou a construir caráter. Contos de Fadas também são uma boa forma de aprender sobre outras culturas, sobre suas tradições, comidas típicas e celebrações.
O termo mesmo “Contos de Fadas” foi cunhado pela escritora Madame d’Aulnoy em 1697, porém, ao que tudo indica, alguns contos vem desde a Idade do Bronze, cerca de 6000 anos atrás. E, claramente, permanecem bem populares – só dar uma passadinha na nossa página Releituras de Contos de Fadas para ver um pouquinho do que tem sido feito com base neles por aí.

São Porfírio, o restaurador da fé de um povo

Origens
São Porfírio era um tecelão, de família rica, nascido na Grécia. Aos 25 anos, decidiu viver de modo austero, dedicando-se à solidão e à penitência na região do Rio Jordão. Por causa de sua escolha, contraiu uma doença que o obrigou a mudar-se para Jerusalém, tornando-se mais moderado em sua austeridade. Mesmo doente, conta-se que ele não demonstrava sua realidade e se dedicava a visitar os lugares santos diariamente.

Fatos extraordinários
Certa vez, em oração, decidiu vender tudo o que tinha e dar aos pobres. Essa atitude gerou a recompensa milagrosa da cura para seus males físicos. Logo após, foi ordenado sacerdote em 393. Recebeu como responsabilidade cuidar das relíquias do madeiro onde Jesus foi crucificado, também conhecidas como “Vera Cruz”. Em seguida, devido à sua humildade, foi ordenado bispo de Gaza, região da Palestina, atualmente, conhecida como Faixa de Gaza. Sua vida era acompanhada de milagres, que geravam espanto e a conversão dos pagãos.

São Porfírio e o zelo ao povo de Gaza

Destruindo os ídolos
Dedicou-se aos cuidados do povo de Gaza e à conversão do grande número de pagãos da região. Por influência de São João Crisóstomo, foi promulgado um documento que determinava a destruição de templos pagãos. Dessa maneira, Porfírio aproveitou a oportunidade para humilhar o demônio e reparar o local de culto idolátrico, construiu uma Igreja Católica sob as ruínas do templo antigo. Dessa maneira, o local tornou-se lugar de celebração da Santa Missa e culto ao Deus Verdadeiro.

Páscoa
Assim, findou sua vida dedicando-se à restauração da fé e ao reparo das idolatrias, falecendo em 420.

Minha oração
“São Porfírio, vós que vencestes os ídolos através da santidade, ajudai-me a destruir todos os ídolos de minha vida e de minha família. Ensinai-me que o caminho da santidade gera conversão dos que me rodeiam. A ti pedimos as graças do Pai, em nome de Jesus. Amém.” 

São Porfírio, rogai por nós!


Outros santos e santas celebrados em  26 de fevereiro:

  • Santo Alexandre, designado bispo de Alexandria depois de São Pedro  [† 326]
  • São Faustiniano, bispo, na  região da Itália  [† s. IV]
  • Santo Agrícola, bispo na França [† c. 594]
  • São Vítor, eremita, na França [† s. VII]
  •  Santo André, bispo na região da Itália [† s. IX]
  • Santa Paula de São José Calasanz (Paula Montal Fornés), virgem, que fundou o Instituto das Filhas de Maria das Escolas Pias na Espanha [† 1889]
  • Beato Roberto Drury, presbítero e mártir, na Inglaterra [† 1607]
  •  Beata Piedade da Cruz (Tomasina Ortiz Real), virgem, na Espanha [† 1916]

Fontes:

  • Martirológio Romano
  • “Vida dos Santos” – Alban Butler

Pesquisa e Redação: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova
Produção e edição: Fernando Fantini – Comunidade Canção Nova

Pular para o conteúdo