Clube de Imprensa

27 de Abril – Dia da Empregada Doméstica, Dia Mundial da Medicina Veterinária e Dia de Santa Zita

Dia da Empregada Doméstica é comemorado anualmente em 27 de Abril.

A data celebra as profissionais responsáveis pela arrumação e organização do lar, preparar o almoço e jantar para as crianças, fazer o supermercado para a casa, entre outras tarefas que ajudam a manter o equilíbrio e bom funcionamento de uma residência familiar, por exemplo.

A Lei nº 5.859, de 11 de Dezembro de 1978, regulamenta a profissão de Empregado Doméstico, estipulando os direitos e deveres do profissional. No entanto, mesmo sendo oficializada, muitos profissionais da área reclamam das condições de precárias de trabalho.

Dia da Empregada Doméstica

Caracteriza-se como empregada doméstica quem trabalha durante cinco dias numa residência. Estima-se que 4% dos lares brasileiros tenham empregadas domésticas mensalistas.

Origem do Dia da Empregada Doméstica

Dia Nacional da Empregada Doméstica é comemorado em 27 de Abril em homenagem à Santa Zita, considerada a padroeira das empregadas(os) domésticas(os).

Santa Zita nasceu em 1218, na cidade de Lucca, na Itália, e trabalhou desde os seus 12 anos de idade até sua morte para uma família italiana.

Zita era conhecida por ser bastante generosa com os pobres, sendo que tirava sempre o seu (pouco) dinheiro para oferecer aos menos favorecidos que sempre batiam à porta da família para a qual trabalhava.

A empregada doméstica morreu em 27 de Abril de 1271, e devido a seu exemplo de santidade, o Papa Inocêncio XII a canonizou em 1696 e declarou-a como a “Santa das Empregadas Domésticas”.

Dia Mundial do Design Gráfico é comemorado em 27 de abril.

World Graphics Day é uma iniciativa do International Council of Graphic Design Associations (ICOGRADA), que desde 1995 celebra esta data em memória da fundação desta instituição, em 27 de abril de 1963.

Além disso, o Dia Mundial do Design Gráfico visa homenagear esta profissão, essencial para a comunicação visual no mundo.

Aliando técnica e criatividade, o designer gráfico é capaz de criar produções visuais que ajudam a transmitir uma mensagem ou despertar emoções nas pessoas.

O trabalho do designer gráfico é aplicado nos mais diferentes setores, desde o setor da publicidade e propaganda, passando por editoras, diagramação de livros e revistas, elaboração de cartazes, etc.

Dia do Designer Grafico

Designers Reconhecidos

Alguns profissionais do designer já tem suas criações em nossa memória coletiva. Veja alguns exemplos:

  • Chip Kidd – criador do logotipo do filme “Jurassic Park”, entre outros.
  • Rob Janoff – autor do logotipo da Apple.
  • Carolyn Davidson – idealizadora do logotipo da Nike
  • Aloisio Magalhães – criador os primeiros logotipos de várias empresas brasileiras e responsável pelo desenho das moedas de cruzeiro.
  • Ruth Keddar – a brasileira fez sua carreira nos EUA e é autora do logotipo utilizado pelo Google de 1999 a 2015.
  • Hans Donner – autor do logotipo da Rede Globo e de inúmeras vinhetas e aberturas de novela da emissora.

Além do Dia Mundial do Design Gráfico, os designers brasileiros comemoram também o Dia do Designer Gráfico, em 5 de novembro.

Juarez Borth Flores

O Dia do Engraxate no Brasil, é comemorado no dia 27 de abril. Engraxate ou engraxador é o homem responsável pelo polimento e limpeza de sapatos.

A tradição remete ao ano de 1806 o nascimento do ofício de engraxate, quando um operário poliu em sinal de respeito às botas de um general francês e foi recompensado com uma moeda de ouro por isto.

Após a imigração italiana aparece, por volta de 1877, na cidade de São Paulo, os primeiros engraxates. No início eram poucos, de 10 a 14 anos, todos italianos e percorriam as ruas, das 6 horas da manhã até a noite, com uma pequena caixa de madeira com suas latas, escovas e outros objetos.

Dia Mundial da Medicina Veterinária

Destacada Medica Veterinária Ceci Maciel com Oly . Ela atua no Espaço Sol Pet em Ponta Porã no Mato Grosso do Sul.

27 de Abril Dia Mundial da Medicina Veterinária. É uma forma de prestigiar essa profissão e seus profissionais que trabalham para cuidar da saúde dos animais e dos seres humanos. Cada ano é abordado um tema. Em 2022 o foco é: “Fortalecendo a Resiliência Veterinária”.

John Gamgee, professor da faculdade de Edimburgo (Reino Unido), reuniu professores e profissionais de Medicina Veterinária de toda a Europa nos dias 14 a 18 de julho de 1863 na Alemanha. Nesse evento, com 103 profissionais, foi criada a World Veterinary Association (WVA). Desde então essa associação representa mundialmente os médicos veterinários, promovendo eventos, pesquisas e atividades para o desenvolvimento e valorização da profissão. Como uma forma de homenagear os médicos veterinários, em 2000, foi criado o Dia Mundial da Medicina Veterinária.

Samuel F.B.Morse, inventor do código morse (Foto: Wikipedia Commons)Samuel F.B.Morse, inventor do código morse (Foto: Wikipedia Commons)

A primeira mensagem enviada em código morse por longa distância viajou de Washington, D.C, para Baltimore em uma sexta-feira, 24 de maio, em 1844, há 175 anos. Foi a primeira vez na história humana que pensamentos complexos foram comunicados a longas distâncias quase instantaneamente.

Até então, as pessoas tinham que ter conversas face-a-face; e enviavam mensagens através de tambores, sinais de fumaça e sistemas de semáforo;ou eram lidas em palavras impressas.

Graças a Samuel F.B.Morse, a comunicação mudou rapidamente e tem se alterado nesse ritmo desde então. Ele inventou o telégrafo elétrico em 1832 e levou mais seis anos para que padronizasse um código para comunicação através de fios telegráficos.

Santa Zita, virgem e padroeira das empregadas domésticas

Origens
Nasceu em 1218, no povoado de Monsagrati, perto da cidade de Lucca (Itália). Era de uma família pobre, numerosa e camponesa, mas recebeu a riqueza da vida em Deus em seus ensinamentos.

Serva desde a infância
Aos 12 anos, Zita foi trabalhar em uma casa de família para não se tornar um peso, visto que era de uma família pobre e numerosa. Ela não teria um salário, mas, em troca de seu trabalho, receberia comida, roupas e o necessário para seu sustento. Ela foi servir a uma família que não costumava tratar bem os seus criados. Sofreu muito, mas aguentou tudo seguindo uma vida de oração e humildade, rezando e praticando a caridade. O Papa Pio XII a proclamou padroeira das empregadas domésticas.

Intensa na caridade cristã
Costumava dividir tudo o que recebia e tinha (dinheiro, comida e roupa) com o próximo. Era uma criada de um coração tão bom que, aos poucos, foi conquistando a confiança e admiração dos seus patrões. Em contrapartida, os funcionários que conviviam com ela tinham inveja e ainda zombavam muito de suas atitudes, a ponto de acusa-la.

Santa Zita e a dedicação total aos pobres, doentes e necessitados

Chuva de rosas
Certa vez, foi surpreendida pela patroa, após ser acusada de estar tirando os alimentos da despensa e dando aos pobres. Na ocasião, a patroa perguntou o que ela estava escondendo no avental, e ela respondeu que eram flores. E, ao levantar o avental, uma chuva de flores caiu e cobriu seus pés.

Manto do anjo
Em outra situação, na véspera de Natal, ela encontrou um homem na rua com frio, na entrada da Igreja de São Frediano. Para aquecê-lo, pegou um manto caro emprestado do seu patrão. No dia seguinte, foi recriminada por tal ato, mas, nesse mesmo dia, um idoso desconhecido chegou no povoado e devolveu o manto. Todos os cidadãos acharam que essa atitude foi tomada por um anjo. A partir daí, a porta da famosa igreja ficou conhecida como “Porta do Anjo”.

Vida de doação
A sua vida sempre foi marcada por sua obra de dedicação total aos pobres, doentes e necessitados. Até hoje, a santa intercede em favor do próximo. O local de seu túmulo se tornou um local de graças e de muitos milagres comprovados.

Santa Zita: dedicada ao trabalho e oração

Espiritualidade
Ela se dedicou com toda sua força ao trabalho e se mantinha firme na vida de oração, participando das missas pela manhã na comunidade e se consagrando a Deus. Ela sempre buscava questionar a Deus se a sua atitude estava correta ou não.

Morte e canonização
Santa Zita faleceu no dia 27 de abril de 1278 e, rapidamente, a sua fama de santidade se espalhou por toda a Itália, chegando até a Inglaterra. Seus restos mortais repousam na capela de Santa Zita da Igreja de São Frediano, em Lucca (Itália). Em 1652, foi feita exumação do corpo e constatado que repousa intacto. Esse acontecimento serviu para confirmar sua canonização em 1696, pelo Papa Inocêncio XII.

Devoção a Santa Zita

Oração a Santa Zita
“Ó Santa Zita, que, no humilde trabalho doméstico, soube ser solícita como foi Marta, quando servia Jesus, ajudai-me a suportar com ânimo e paciência todos os sacrifícios que me impõe os meus trabalhos domésticos. Peço ainda, que os suporte com amor, zelo e fidelidade a família que sirvo.”

Minha oração
“Ó Deus, recebei o meu trabalho, o meu cansaço e as minhas tribulações; e, pela intercessão de Santa Zita, dai-me forças para cumprir sempre meus deveres, Santa Zita, ajudai-me. Amém.”

Santa Zita, rogai por nós!


Outros santos e beatos que a Igreja faz memória em 27 de abril

  • São Simeão, bispo e mártir, ordenado bispo de Jerusalém como sucessor de Tiago, em Jerusalém. († 107)
  • São Polião, leitor e mártir, que, preso na perseguição, foi lançado às chamas e queimado fora dos muros da cidade, na Croácia. († c. 303)
  • São Teodoro, abade, que foi discípulo de São Pacômio e pai da «Congregação» de mosteiros nesta região, no Egito. († s. IV)
  • São Liberal, eremita, na Itália. († c. 400)
  • São Magão ou Magaldo, bispo, aureolado com a fama de grande santidade. († s. VI)
  • São João, hegúmeno, que, no tempo do imperador Leão o Arménio, combateu tenazmente a favor do culto das sagradas imagens, na Turquia. († s. IX)
  • São Pedro Ermengol, da Ordem de Nossa Senhora das Mercês, na Espanha. († 1304)
  • Beato Tiago de Ládere Varinger, religioso da Ordem dos Menores, na Itália. († c. 1485)
  •   Beata Catarina, virgem, que, batizada na Igreja Ortodoxa, ingressou na Ordem da Penitência de São Domingos, tomando o nome de Hossana, e viveu em clausura cinquenta e um anos, dedicada à contemplação divina e à piedosa súplica pelo povo cristão durante a invasão dos Turcos. (1565)
  • Beato Nicolau Roland, presbítero, que, solícito pela formação cristã das crianças, construiu escolas para as meninas pobres, e fundou a Congregação das Irmãs do Menino Jesus, na França. (1678)
  • São Lourenço Nguyen Van Huong, presbítero e mártir, que foi preso numa noite em que visitava um moribundo e, porque recusou calcar a cruz, foi flagelado e depois degolado no tempo do imperador Tu Duc, no Vietnam. (1856)
  • Beata Maria Antónia Bandrés y Elósegui, virgem da Congregação das Filhas de Jesus, que seguiu com paciente serenidade, mesmo na desolação, a sua vida consagrada a Deus, que em breve tempo foi consumada, na Espanha. († 1919)

Fontes:

  • vaticannews.va
  • Martirológio Romano
  • Liturgia das Horas
  • cleofas.com.br
  • Site da Arquidiocese de São Paulo – arquisp.org.br
  • Convento da Penha – conventodapenha.org.br
  • Aleteia – pt.aleteia.org
  • ACI digital

– Pesquisa: Larissa Cunha – Comunidade Canção Nova
– Produção e edição: Fernando Fantini – Comunidade Canção Nova