Clube de Imprensa

28 de Junho – Dia da Renovação Espiritual e Dia de Santo Irineu

Dia da Renovação Espiritual

No dia 28 de junho, celebramos um dia especial de renovação espiritual, uma oportunidade para fortalecer nossa conexão com o mundo espiritual e revitalizar nossa vida. É um momento de refletir sobre nossa jornada pessoal e buscar práticas que nos auxiliem nesse processo de renovação.

Uma das formas de fortalecer nossa vida espiritual é através da meditação. A meditação nos permite acalmar a mente, encontrar paz interior e conectar-nos com algo maior do que nós mesmos. Reserve um tempo no dia 28 de junho para sentar-se em um local tranquilo, fechar os olhos e concentrar-se na sua respiração. Permita que os pensamentos fluam livremente, mas não se apegue a eles. Ao praticar a meditação regularmente, você estará fortalecendo sua capacidade de lidar com o estresse e encontrando equilíbrio em sua vida.

Outra prática espiritual poderosa é a gratidão. Reserve um momento para expressar gratidão pelas bênçãos em sua vida. Pode ser algo tão simples quanto apreciar o nascer do sol todas as manhãs ou expressar gratidão por pessoas queridas ao seu redor. A gratidão nos ajuda a cultivar uma atitude positiva e a reconhecer a abundância em nossa vida, mesmo nos momentos mais desafiadores.

Santo Irineu, bispo de Lião

Celebramos a memória do grande bispo e mártir Santo Irineu, que, pelos seus escritos, tornou-se o mais importante dos escritores cristãos do século II.

Origens

Nascido na Ásia Menor, foi discípulo de São Policarpo, que, por sua vez, conviveu diretamente com o Apóstolo São João, o Evangelista. Ao ser ordenado por São Policarpo, Irineu foi para a França e assumiu várias funções de serviço à Igreja de Cristo (que crescia em número de comunidades e necessidade de pastoreio).

Pacífico

Importante contribuição deu à Igreja do Oriente quando foi em missão de paz para um diálogo com o Papa Eleutério sobre a falta de unidade na data da celebração da Páscoa, pois o Oriente corria ao risco de excomunhão. Sendo fiel ao significado do seu próprio nome – portador da paz –, logrou êxito nessa missão, já que isso nada interferia na unidade da fé.

Bispo de Lião

Ao voltar da missão, deparou-se com a morte do bispo Potino, o qual o havia enviado para Roma e, sendo assim, foi ele o escolhido para sucessor do episcopado de Lião. Erudito, simples, orante e zeloso bispo, foi Santo Irineu quem escreveu contra os hereges, sobre a sucessão apostólica e muito dos dados que temos hoje sobre a história da Igreja do século II.

Ocupou-se da evangelização e combateu a heresia dos gnósticos e muitas outras que proliferavam nesses primeiros tempos.

Páscoa

Este grande bispo morreu mártir, no dia 28 de junho de 202, na perseguição do imperador Severo.

Sua festa litúrgica ocorre nesta mesma data.

A minha oração

“Meu Senhor e meu Deus, pela intercessão e fidelidade de Santo Irineu, concedei-me a graça de também ser um sinal de paz, de unidade e de defesa da fé. Amém!”

Santo Irineu, rogai por nós!

Outros santos e beatos celebrados em 28 de junho:

  • Santos mártires PlutarcoSerenoHeráclides catecúmeno, Herão neófito, outro SerenoHeraides catecúmena, Potamiena e Marcela sua mãe, em Alexandria, no Egipto. († c. 202)
  • Em Roma, São Paulo I, papa, que, movido pelos seus sentimentos de bondade e grande misericórdia, visitava de noite em silêncio as celas dos enfermos e lhes prestava auxílio. A sua profunda devoção aos Santos levou-o a trasladar com cânticos e hinos os corpos dos mártires dos cemitérios em ruínas para igrejas e mosteiros da cidade de Roma e promoveu o seu culto. († 767)
  • Em Córdova, na Andaluzia, região da Espanha, Santo Argimiro, mártir, que, sendo monge já de avançada idade, foi torturado no cavalete e por fim passado ao fio da espada. († 856)
  • Em Hasungen, no território de Hesse, na actual Alemanha, Santo Heimerado, presbítero e eremita, que, expulso do mosteiro e exposto ao desprezo e zombaria de muitos, viveu como peregrino ao longe e ao largo por Cristo. († 1019)
  • Em Londres, na Inglaterra, São João Southworth, presbítero e mártir, que, por exercer o sacerdócio na Inglaterra, sofreu várias vezes a prisão e o exílio; finalmente, condenado à morte no tempo de Oliver Cromwell, olhando para a forca preparada na praça de Tyburn, exclamou que o patíbulo era para ele como a cruz de Cristo. († 1654)
  • Em Lóvere, na Lombardia, região da Itália, Santa Vicenta Gerosa, virgem, que, juntamente com Santa Bartolomeia Capitânio fundou o Instituto das Irmãs da Caridade. († 1847)
  • Em Wanglajia, localidade próxima de Dongguangxian, no Hebei, província da China, as santas mártires Lúcia Wang ChengMaria Fan KunMaria Qi Yu e Maria Zheng Xu, que, tendo sido educadas num orfanato, durante a perseguição dos sequazes «Yihetuan» se dirigiram para a morte por decapitação, de mãos dadas e felizes como quem vai para as bodas. († 1900)
  • Em Jieshuiwang, junto da cidade de Shenxian, na mesma província da China, Santa Maria Du Zhaozhi, mártir e mãe dum sacerdote, que, desistindo da fuga, regressou por não querer trair a fé de Cristo e sujeitou a cabeça serenamente ao machado dos inimigos. († 1900)
  • Em Drohobych, na Ucrânia, os beatos Severiano Baranik e Joaquim Senkivskyj, presbíteros da Ordem de São Josafat e mártires, que, em tempo de perseguição contra a fé, através do martírio se tornaram participantes da vitória de Cristo. († 1941)
  • Em Roma, a Beata Maria Pia Mastena (Teresa Maria), virgem, fundadora do Instituto das Irmãs da Santa Face. († 1951)
  • Fontes:
    • Martirológio Romano
    • Vaticannews
    • Livro “Santos de cada ia II” – Maio – Agosto (4ª ed.) – José Leite, S.J. (Org.)
    • Arquisp

    – Pesquisa e redação: Catarina Xavier – Comunidade Canção Nova