Clube de Imprensa

29 de Junho – Dia de São Pedro e São Paulo, Dia do Papa e Dia do Dublador

Em 29 de junho é celebrado o Dia de São Pedro e São Paulo.

Estas são festividades típicas da Igreja Católica, em honra ao martírio dos apóstolos São Pedro e São Paulo, principais líderes no surgimento da Igreja Cristã.

A festa de São Pedro é uma das mais comemoradas entre as chamadas “festas juninas”. Normalmente, nestas celebrações são feitas muitas quermesses e grandes fogueiras, assim como acontece no Dia de São João.

Os cristãos ortodoxos também realizam esta festa, mas o fazem no dia 12 de julho.

São Pedro e São Paulo
À esquerda, São Pedro. À direita, São Paulo

Origem do Dia de São Pedro e São Paulo

A origem desta celebração é muito antiga e, supostamente, ocorre em 29 de junho, pois teria sido a data do aniversário de morte e do translado das relíquias de ambos os santos.

Acredita-se que essas as festas juninas foram inspiradas nos rituais de comemoração da fertilidade da terra, no período pré-gregoriano, durante o solstício de verão na Europa.

Posteriormente, foram adotadas pela Igreja Católica como homenagem aos santos do mês. No Brasil, os registros históricos apontam que desde o século XVII as festas juninas eram comemoradas.

O dia de São Pedro e São Paulo tem como objetivo manter viva na memória dos cristãos as origens da Igreja e, por isso, são celebrados no mesmo dia, pois estavam unidos no mesmo propósito.

Esta data ainda é considerada o Dia do Papa, pois São Pedro, segundo os católicos, foi o primeiro Papa da Igreja, além de ter sido o que permaneceu por mais tempo com esse título (37 anos).

São Pedro e São Paulo: conheça a história dos santos juninos

Pedro era um pescador no Mar da Galileia e largou sua vida para seguir Jesus, sendo apontado como seu sucessor entre os doze apóstolos e teve a missão de construir uma igreja que continuasse a obra do Messias.

Uma das histórias mais conhecidas sobre a vida de Pedro foi a ocasião em que o apóstolo negou Jesus três vezes ao seu mestre ser preso, sendo tomado pelo arrependimento em seguida.

Para os católicos, São Pedro recebeu a missão de ser líder da Igreja de Cristo, assim como diz as escrituras “Tu és pedra, e sobre essa pedra edificarei a minha igreja” (Mateus 16:18).

Por outro lado, Paulo de Tarso, cuja conversão ocorreu quando estava em direção à cidade de Damasco, conforme os registros de Atos 9:3-5: “Durante a viagem, estando já em Damasco, subitamente o cercou uma luz resplandecente vinda do céu. Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: ‘Saulo, Saulo, por que me persegues?’. Saulo então diz: ‘Quem és, Senhor?’. Respondeu Ele: ‘Eu sou Jesus, a quem tu persegues.

Paulo, anteriormente chamado de Saulo de Tarso, foi um dos grandes perseguidores da Igreja e dos discípulos de Cristo. No entanto, converteu-se, mudou de nome e se tornou um dos grandes evangelizadores da igreja primitiva, tornando-se um dos responsáveis pela sua expansão.

Ambos morreram martirizados. São Pedro foi crucificado, mas pediu para que a cruz ficasse de cabeça para baixo, pois não se sentia digno de ter a mesma morte que seu mestre. Já São Paulo foi degolado em Roma.

O Dia do Papa é comemorado anualmente em 29 de junho.

Esta é uma data religiosa que tem o propósito de homenagear o trabalho do líder da Igreja Católica Apostólica Romana: o Papa. Eleito pelo Colégio dos Cardeais, esse posto é vitalício.

Papa, do latim Papa, e do grego Pappas, significa “papai”. Ele é o maior líder religioso entre os católicos, com o poder e obrigação de disseminar entre todos os demais membros do clero a palavra de Deus e, consequentemente, para todas as pessoas com fé nesta doutrina.

O Dia do Pescador é comemorado no dia 29 de junho. Pescador é aquele sujeito que conhece a natureza, entende o mar, sabe olhar para a lua e ver a maré que vem, quando o dia é bom. Traz alimento para a família e ainda garante o sustento da casa com o que consegue vender de peixes.

Também existem os pescadores que pescam por esporte ou lazer. O importante é que todos respeitem os rios, lagos e mares, e todos os peixes que os habitam.

Origem do Dia do Pescador

O Dia do Pescador é no dia 29 de junho por ser Dia de São Pedro, o apóstolo pescador e que também é padroeiro dos pescadores, por isto, a data foi escolhida para comemorar o dia do pescador.

O Dia do Dublador é celebrado anualmente em 29 de junho.

Esta data é uma homenagem aos artistas que utilizam o talento da interpretação para transmitir as emoções dos seus personagens através da voz.

Os dubladores são profissionais que dublam as versões criadas dos diálogos de filmes, desenhos e seriados de outros idiomas para a língua portuguesa.

O Dia do Telefonista é celebrado anualmente em 29 de junho.

Esta data homenageia os profissionais que se dedicam a atender os clientes através do telefone, seja como um suporte técnico, informacional ou de serviços.

O trabalho do telefonista é essencial, pois se configura como o “cartão de visitas” da empresa, mantendo um contato direto e constante com o público, a imprensa e os próprios funcionários.

Dia 29 de junho desde 2007 é dedicado a lembrar do pescador amador. Os mais vividos dificilmente alguém não foi pescar em açudes, arroios e rios. A gurizada da época ia com caniço e minhoca pescar lambari, caruti, jundiá, cara e cascudo se bem me lembro.
Sobre a pesca amadora temos poucas informações quanto a números oficiais. O que se tem é que vem crescendo o número que pescam por hobby, lazer, pesca turística, esportiva, pegue e solte, pesque e pague em fim, pescadores que não vivem da pesca para viver.

O dia 29 de Junho, Dia Nacional da Aviação de Segurança Pública, foi instituído pelo Decreto 20 de junho de 2007, publicado no Diário Oficial da União nº 118 de 21 de junho de 2007. A data conceitual refere-se ao dia em que se comemora São Pedro, padroeiro do Estado do Rio Grande do Sul.

Além desse decreto que instituiu o Dia Nacional da Aviação de Segurança Pública foi instituída também no mesmo ano a Medalha do Mérito da Aviação de Segurança Pública – Major Ibes Carlos Pacheco, Oficial da Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul, patrono do Centro de Formação Aeropolicial (CFAer).

O Decreto Nº 6.130 de 20 de Junho de 2007 (Anexos) criou essa medalha e definiu que sua entrega será, prioritariamente, realizada no dia 29 de junho de cada ano. (Ver também Decreto Nº 8.554, de 06 de Novembro de 2015).

Dia 29 de junho é dedicado a homenagear o engenheiro de petróleo. A data é uma referência à Resolução nº 218 de de 29 de junho de 1973, do Confea, que discriminou atividades das diferentes modalidades profissionais da engenharia e agronomia.

O petróleo é responsável por 32,9% do consumo global de energia e por 47% do consumo brasileiro. O campo de atuação está nas empresas petrolíferas, indústrias petroquímicas e refinarias.

O Engenheiro do Petróleo possui conhecimento em todas as etapas dos processos de extração de gás e petróleo. É o responsável pela descoberta de novos poços, extração e auxílio no refino do petróleo. Atua também no acompanhamento da avaliação, produção e transporte de seus derivados.