ABERT emite Nota de Repúdio contra funcionários da Prefeitura do Rio

28D723C5-74A0-45A0-B2F2-9B54D1C1DEEC
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

ABERT emite Nota de Repúdio contra funcionários da Prefeitura do Rio

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) considera inaceitável que funcionários da Prefeitura do Rio de Janeiro atuem de forma deliberada para impedir o trabalho de jornalistas na porta de hospitais da cidade.

Segundo reportagens veiculadas nesta segunda-feira (31), diversos servidores do município, reunidos em grupos de mensagens, são distribuídos por unidades hospitalares para interromper a apuração de reportagens que retratam o atendimento à COVID-19, em ações intimidatórias dirigidas tanto a jornalistas quanto a usuários do sistema de saúde.

Constranger a imprensa em sua missão de informar a população configura atentado contra a liberdade de expressão e o direito fundamental do acesso à informação, especialmente durante a pandemia global causada pelo novo coronavírus.

A ABERT cobra das autoridades a imediata investigação e punição dos responsáveis pelos atos, que configuram uma tentativa de calar os meios de comunicação e, consequentemente, a democracia.