Clube de Imprensa

ABERT emite Nota de Repúdio por agressão a jornalistas em Minas Gerais

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) considera de extrema gravidade os atos de violência contra a imprensa, ocorridos nesta quarta-feira (9), em Belo Horizonte (MG).

Enquanto acompanhavam o protesto das forças de segurança mineiras, no centro da cidade, os repórteres Laura França, da TV Band Minas, e Caio Tárcia, da Rádio BandNews FM, foram alvos de bombas lançadas na direção da imprensa que cobria a manifestação. Laura França sofreu um trauma auditivo e precisará passar por novos exames para verificar a extensão da lesão provocada pelo artefato.

A ABERT repudia os ataques aos jornalistas e reitera que todo e qualquer ato que tenha como objetivo impedir a cobertura jornalística de fatos de interesse público é uma violação ao direito da imprensa de informar e ao do cidadão de ser informado, garantias previstas na Constituição Brasileira.

A ABERT pede às autoridades locais uma rigorosa apuração do caso, com a identificação e punição dos responsáveis.


Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

A ABERT é uma organização fundada em 1962, que representa mais de três mil emissoras privadas de rádio e televisão no país, e tem por missão a defesa da liberdade de expressão em todas as suas formas.