Clube de Imprensa

ABERT repudia as intimidações sofridas pela equipe do SBT

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) repudia as intimidações sofridas pela equipe do SBT, nesta sexta-feira (25), durante cobertura de greve dos funcionários do sistema de transporte coletivo BRT, no Rio de Janeiro (RJ).

A repórter Branca Andrade fazia uma transmissão ao vivo do terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, quando dois homens sem identificação se aproximaram e impediram a continuidade da reportagem. Além de atrapalharem a gravação das imagens do local, eles não permitiram que a jornalista informasse a população sobre o funcionamento do BRT.

A ABERT reitera que todo e qualquer ato que tenha como objetivo impedir a cobertura jornalística de fatos de interesse público é uma violação ao direito da imprensa de informar e ao do cidadão de ser informado, garantias previstas na Constituição Brasileira.

A ABERT pede às autoridades locais uma rigorosa apuração do caso, com a identificação e punição dos responsáveis.

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

A ABERT é uma organização fundada em 1962, que representa mais de três mil emissoras privadas de rádio e televisão no país, e tem por missão a defesa da liberdade de expressão em todas as suas formas.