Clube de Imprensa

Abraji e Fiquem Sabendo oferecem oficinas sobre Lei de Acesso à Informação para comunicadores hiperlocais

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a agência de dados Fiquem Sabendo, especializadas no monitoramento da Lei de Acesso à Informação (LAI) e no treinamento de profissionais para o uso da lei, anunciaram, nesta quinta-feira (31.ago.2023), um novo programa de oficinas on-line e gratuitas. O objetivo é ajudar comunicadores e jornalistas que trabalham em iniciativas hiperlocais a fazer apurações com dados obtidos pela LAI.

O conteúdo das oficinas de “LAI para comunicadores” está sendo desenvolvido e tem característica instrumental/técnica. Serão realizados dois encontros online síncronos (ao vivo) com duração de duas horas. Os encontros serão gravados e posteriormente disponibilizados aos inscritos em plataforma própria. Os participantes terão mentoria extra com os instrutores para orientar sobre o uso da lei na produção de reportagens sobre os temas de interesse de sua área de cobertura. Só poderão participar comunicadores de iniciativas locais e nacionais com atuação em territórios hiperlocais, incluindo periferias urbanas, comunidades quilombolas, populações ribeirinhas, áreas indígenas, entre outras.

Inscreva-se gratuitamente aqui até 24/09

O treinamento é uma adaptação de outro curso promovido pelas organizações em 2021 – o  LAI nas Redações – criado após uma pesquisa mostrando um número elevado de jornalistas que nunca usaram a lei em suas reportagens. A Abraji e a Fiquem Sabendo ressaltam que as aulas foram repensadas para adequação à realidade dos comunicadores, em que todos colocam a mão na massa e focam em dados hiperlocais, com participação especial de especialistas locais convidados.

As datas e o programa das oficinas  serão divulgados em breve. Os conteúdos gerados no projeto poderão ser publicados na newsletter Don’t LAI to me, da Fiquem Sabendo, além dos canais dos veículos em que os participantes atuam. Este programa é desenvolvido com apoio do Fundo Canadá para Iniciativas Locais, dentro do tema Transparência Pública, Democracia e Liberdade de Imprensa e Formação Cívica.

Por que a LAI?

Abraji e Fiquem Sabendo têm em seu DNA a formação de jornalistas, pesquisadores e outros interessados no tema, tendo dentre seus quadros mestres e doutores com formação em instituições respeitadas no Brasil e no exterior. Esses profissionais já ministraram centenas de horas de aulas tanto em oficinas quanto em cursos de graduação e pós-graduação de respeitadas faculdades de jornalismo, administração pública, direito e outros, além da produção em congressos acadêmicos e publicações em periódicos nacionais e internacionais.

A Lei de Acesso à Informação completou 11 anos em vigor em 2023 e é uma das principais conquistas da sociedade brasileira para o controle social e acesso a dados de interesse público. Desde sua criação, o principal desafio do governo federal e dos demais poderes públicos é que ela chegue até a sociedade de fato, que os órgãos atendam aos pedidos de informação da forma correta e que os dados obtidos sejam úteis aos cidadãos. A utilização desse recurso por comunicadores hiperlocais para cobrir temas importantes em seus territórios é um caminho para fortalecer e qualificar o jornalismo e a transparência em nível local.