Clube de Imprensa

Agnaldo Miudinho quer mais médicos e equipamentos para a rede SUS de Ponta Porã


O Presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, Vereador Agnaldo Miudinho, aproveitou a sessão ordinária de 20 de fevereiro, para apresentar indicações solicitando à Prefeitura, mais investimentos no setor da saúde.
Por meio de uma indicação encaminhada ao Prefeito Eduardo Campos, com cópia ao Secretário de Saúde, Patrick Derzi, solicitando aquisição de Aparelho Ecodoppler arterial e venoso.
Segundo ele, “essa indicação visa atender solicitação de pacientes deste município que necessitam fazer exames por meio destes equipamentos. O Ecodoppler é um tipo de ultrassom que serve para verificar o fluxo de sangue nas veias e artérias, do coração, cérebro e até dos membros inferiores. Através da realização do Ecodoppler pode-se diagnosticar várias doenças como aterosclerose, vasculites e aneurismas como também é indicado por obstetras para verificar as condições de saúde do bebê durante a gravidez. Até o presente momento não há disponibilidade deste aparelho na rede SUS deste município. Por isso, os pacientes que necessitam realizar este exame precisam se deslocar para outros locais como Dourados. Com a aquisição, a população não precisará encaminhar os pacientes que necessitam realizar os exames de Ecodoppler para outro município, o que irá gerar uma economia”, explicou o parlamentar na justificativa do pedido encaminhado à Prefeitura de Ponta Porã.
Agnaldo Miudinho pede pressa na aquisição destes equipamentos: “esperamos o atendimento dessa indicação em caráter de urgência, pois através dele será possível realizar a prevenção de condições que podem ser fatais”.
MÉDICOS
O Vereador Agnaldo Miudinho também apresentou indicação solicitando contratação de médico Endócrino e Neuropediatra.
De acordo com o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, “a indicação ampara-se em solicitação dos moradores deste município, para que intermediasse, junto ao setor competente da Prefeitura, a contratação de médico especialista endócrino e neuropediatra para a rede SUS”.
Segundo ele, “hoje, centenas de crianças em nossa cidade necessitam do atendimento desta especialidade, uma vez que esse profissional irá atuar no diagnóstico, tratamento e prevenção de uma série de problemas que possam comprometer o bom desenvolvimento físico, mental e emocional das crianças. Por não ter condições financeiras para se deslocar a outros municípios em busca de tratamento particular, muitas crianças ficam sem o atendimento, pois a maioria dos casos necessita de acompanhamento médico periódico, o que torna o tratamento inviável”.
O Presidente da Câmara Municipal argumenta ainda que, “no momento não há a disponibilidade deste profissional no município, o paciente deve então deslocar-se para a cidade mais próxima buscando atendimento, o que gera um elevado custo devido à alta demanda pois há gastos no transporte do beneficiário até um prestador com a especialidade requerida, garantindo também o retorno à cidade de origem. Desta forma, amparado nas explicações acima esperamos o atendimento dessa indicação no mais breve tempo possível”, finalizou Agnaldo Miudinho.
LEGENDA:
Agnaldo Miudinho quer mais médicos e equipamentos para a rede SUS de Ponta Porã