Aplicativo gratuito promete ajudar a localizar cães e gatos perdidos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print
Imagem de capa para Aplicativo gratuito promete ajudar a localizar cães e gatos perdidos
O aplicativo Pupz usa reconhecimento facial para encontrar cães e gatos perdidos – Foto: Pixabay

O especialista em tecnologia Carlos Fabbro, teve uma ideia incrível e que pode ajudar muitos tutores em momento de desespero. Ele criou um app gratuito para localizar cães e gatos perdidos.

Batizado de Pupz, o aplicativo de reconhecimento facial, usa inteligência artificial para descobrir se um animal está sendo procurado pela família ou não.

A ideia partiu do amor e cuidado que Carlos tem com a Chanel, uma Golden Retriever que ele ama de paixão. O tutor conta que a cachorrinha é o amor da vida dele. E ele sabe o quão importante é a criação de produtos de segurança para animais de estimação.

Como funciona o app

Com uma precisão de 94%, o Pupz coleta diversos pontos da face e do focinho do animal para criar o reconhecimento.

Caso o tutor tenha cadastrado o pet anteriormente, imediatamente o aplicativo buscará o perfil dos responsáveis e liberará um chat para que haja uma comunicação.

Segundo Carlos, foram anos de desenvolvimento para chegar ao aplicativo.

“Para isso, nós utilizamos três redes neurais convolucionais, uma classe aplicada com sucesso no processamento e análise de imagens digitais, e que é a base para o reconhecimento facial dos pets em nosso sistema”, explica.

30 milhões de animais nas ruas do Brasil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que o Brasil tenha cerca de 30 milhões de animais vivendo nas ruas. Uma parte deles é abandonada e outra é composta pelos bichos perdidos diariamente.

O cadastramento de animais em plataformas como o Pupz, ajuda a reduzir bastante essa estatística, além de aliviar o coração de quem perdeu seu bichinho.

Como entrar no app

O sistema Pupz está disponível para iOS e Android.

Ele pode ser baixado diretamente pelas lojas de aplicativos do celular ou tablet.

Carlos contou que, inicialmente, a plataforma está disponível apenas para cães e gatos, mas não descarta a possibilidade de incluir novas espécies no futuro.

Carlos criou o app inspirado pelo cuidado com a cadela Chanel - Foto: arquivo pessoal

Carlos criou o app inspirado pelo cuidado com a cadela Chanel – Foto: arquivo pessoal

Por Monique de Carvalho com informações de IG