Biden bate recorde de votos já recebidos por um candidato na história das eleições americanas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Por G1

Joe Biden, candidato à presidência dos EUA, durante evento na Pensilvânia em 2 de novembro — Foto: Kevin Lamarque/Reuters

Joe Biden, candidato à presidência dos EUA, durante evento na Pensilvânia em 2 de novembro — Foto: Kevin Lamarque/Reuters

O candidato democrata Joe Bidenultrapassou, na contagem de votos das eleições presidenciais americanas nesta quarta-feira (4), o recorde de votos já recebidos por um candidato na história eleitoral dos Estados Unidos. O ex-presidente Barack Obama, de quem Biden foi vice, detinha o recorde anterior.

Segundo a agência de notícias americana Associated Press, Biden tinha recebido, até as 15h (horário de Brasília) de quarta-feira, 70.005.562 de votos, o equivalente a 50,16% dos votos já apurados.

 

O recorde anterior, de 2008, foram os 69.498.516 votos dados a Barack Obama. (O voto nos Estados Unidos, diferente do Brasil, não é obrigatório.)

O rival de Biden, Donald Trump, que concorre à reeleição, tinha 67.290.385 de votos até as 15h desta quarta, o equivalente a 48,22% dos votos já apurados.

Voto popular não basta

É importante lembrar, no entanto, que, nas eleições americanas, não basta ter a maioria do voto popular para vencer, como no Brasil. É preciso que o candidato à Presidência conquiste a maioria dos delegados que compõem o colégio eleitoral.

Trump e Biden em seus discursos durante apuração acirrada das eleições nos EUA — Foto: Mandel Ngan e Angela Weiss/AFP