Bolívia anuncia fechamento da fronteira com o Brasil e outras medidas contra o coronavírus

fronteira-lierada
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Bolívia anuncia fechamento da fronteira com o Brasil e outras medidas contra o coronavírus

Por Ricardo Freitas, G1 MS

Fronteira entre Corumbá (MS) e a Bolívia — Foto: Laura Toledo/TV Morena

Fronteira entre Corumbá (MS) e a Bolívia — Foto: Laura Toledo/TV Morena

A fronteira da Bolívia com o Brasil, em Corumbá (MS) será fechada na noite desta quinta-feira (19), de acordo com a presidente interina do país, Jeanine Áñez. O fechamento vale para outros acessos ao Brasil e também para as fronteiras com Peru, Argentina, Chile e Paraguai.

“Só entraram no país os bolivianos e residentes na Bolívia que se submeterão ao protocolos impostos pelo Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde”, disse a presidente.

Áñez informou que todos os voos internacionais do país serão suspensos a partir da noite de sexta-feira (20), bem como o transporte coletivo de ônibus. Só será permitido o transporte de mercadorias para assegurar o abastecimento à população.

Ela também disse que o setor público e privado terão as jornadas de trabalho reduzidos, funcionando das 8h às 13h, a partir desta quarta-feira (18). Mercados e centros de abastecimento permanecerão abertos até as 15 horas e o transporte público até às 16 horas.

A circulação de veículos poderá ocorrer apenas das 5 horas às 18 horas, com exceções de emergências. As medidas valem até 31 de março e foram anunciadas nesta terça-feira (17). De acordo com o governo da Bolívia, o objetivo é controlar à pandemia do coronavírus no país que já infectou 12 pessoas.

Jeanine Áñez, durante pronunciamento  — Foto: Governo da Bolívia/Divulgação

Jeanine Áñez, durante pronunciamento — Foto: Governo da Bolívia/Divulgação