Brasileira de escola pública passa em 10 universidades internacionais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print
Rhayssa, de 18 anos, mora em Santos e precisa de ajuda para viajar - Foto: Arquivo pessoal
Rhayssa, de 18 anos, mora em Santos e precisa de ajuda para viajar – Foto: Arquivo pessoal

A jovem Rhayssa Braz sempre sonhou em conhecer o mundo e deu o primeiro passo. Ela foi aprovada e ganhou bolsas para estudar em 10 universidades internacionais.

A garota, que é de Santos, no Litoral Sul de São Paulo, escolheu um programa universitário no qual vai passar por oito campus universitário pelo mundo. O primeiro será em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

Rhayssa optou pelo programa das instituições Zayed University e Minerva University e agora, ela tenta juntar dinheiro para embarcar nessa jornada de aprendizado.

Há pouco mais de um ano ela viu a oportunidade de realizar seu grande sonho por meio dos estudos, e decidiu se candidatar em diversas universidades estrangeiras.

Vida difícil

Ela contou ao G1 que sua vida foi marcada por dificuldades, principalmente porque foi criada apenas pela mãe e a avó paterna, que mantinham até três empregos cada para dar uma vida confortável à menina.

Rhayssa chegou a participar de concursos de redação, e ganhou uma bolsa de estudos na Universidade de Cambridge, no Reino Unido, mas não conseguiu ir devido à falta de condições financeiras.

Mesmo assim, não desistiu do sonho. Ela participou de 44 processos seletivos em universidades internacionais, sendo 43 nos Estados Unidos e uma em Portugal.

A jovem explica que pesquisou sobre cada uma delas para escolher a que oferecesse as melhores condições para estrangeiros.

“Geralmente, as pessoas aplicam para 20, porque existe um site que faz uma coletânea das suas informações acadêmicas e mandam para elas, mas eu fui pesquisando. Apliquei para 44, para garantir que eu ia ser admitida, porque eu fiz o processo inteiramente sozinha”, explica.

A bolsa de estudos

Até o início de julho, Rhayssa havia sido admitida em nove instituições, todas com bolsas de estudos de até 65%.

Já no meio do mês, ela recebeu a notícia de que havia ficado entre os quatro brasileiros aceitos no programa Zayed University e Minerva University, uma parceria entre os Emirados Árabes e os Estados Unidos, com pelo menos 75% de bolsa.

A jovem escolheu o estudo interdisciplinar, que envolve os cursos de Business Transformation, Social Innovation e Tech, e durante os quatro anos de graduação percorrerá oito campi espalhados pelo mundo: São Francisco, nos EUA; Seoul, na Coréia do Sul; Hyderabad, na Índia; Berlim, na Alemanha; Buenos Aires, na Argentina; Londres, na Inglaterra; Taipei, em Taiwan; e Abu Dhabi.

Um dos objetivos do programa é levar aos alunos diferentes realidades sobre cultura, economia e política.

“Eu tinha sido recusada nessa universidade [Minerva University] em dezembro. Até que vi esse programa, me candidatei e fui um dos 30 estudantes no mundo que conseguiram a vaga nesse ciclo”, afirma.

Ajuda para viajar

Rhayssa já tem 75% de bolsa garantida para fazer o curso, mas espera a confirmação de 100% da mensalidade custeada pelas universidades.

Por isso, necessita de uma reserva financeira, para cobrir os custos extras, como passagem, moradia e alimentação. Para isso, ela criou uma campanha online de arrecadação, que a ajudará a juntar o valor de pouco mais de R$ 35 mil.

O valor precisa ser arrecadado até o meio de agosto, já que ela pretende embarcar até o dia 18, pois as aulas iniciam no dia 19, em Abu Dhabi.

Rhayssa é ex-aluna de escola pública - Foto: arquivo pessoal
Rhayssa é ex-aluna de escola pública – Foto: arquivo pessoal
Rhayssa se prepara para a viagem - Foto: arquivo pessoal
Rhayssa se prepara para a viagem – Foto: arquivo pessoal

Por Rinaldo de Oliveira SNB com informações do G1