Brasileiros formados no Paraguai aprovados em Revalida

revalida
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Brasileiros formados no Paraguai aprovados em Revalida

revalidaO setor de registro do Cremero (Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia) emitiu, em menos de dois dias, mais de 40 registros profissionais aos médicos que se formaram no exterior em especial no Paraguai e que passaram no Revalida (o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos) expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira. Ao todo, foram 60 diplomas revalidados através da Fundação Unir (Universidade Federal de Rondônia) e também por outras universidades do Brasil.

As carteiras profissionais emitidas pelo Conselho começaram a ser entregues terça-feira (26) passada e, de acordo com os dados do setor de registro do Cremero, 43 médicos que revalidaram o diploma pela Unir já solicitaram o registro no CRM de Rondônia. Os outros dois registros também realizados no Conselho foram de profissionais que fizeram a prova na Ufac (Universidade Federal do Acre) e na UnB (Universidade de Brasília).

“Apenas dois estrangeiros solicitaram o registro no Conselho. Um era cubano e outro boliviano” afirmou Priscilla Dias, do setor de Registro do Cremero. Os médicos que passaram pelo exame tiraram os diplomas em escolas médicas do Paraguai, onde a Universidade Santa Clara de Asís abre mais uma sede e desta vez a cidade escolhida devido a ser um ponto estratégico foi Pedro Juan Caballero localizada do lado de Ponta Porã, do lado brasileiro, como informa o futuro diretor da instituição, o brasileiro naturalizado paraguaio Karlos Bernardo.

Bernardo confirma que a faculdade será modelo em se tratando de curso de medicina e sempre priorizando a qualidade de ensino e bem estar estudantil, filosofia de trabalho que já é marca registrada em outra universidade em que foi diretor, no Paraguai.

Serviço:

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 67 9677 0757, ou no email  medicinakarlos@gmail.com.