Câmara aprova Projeto de Lei que cria “Dia do Abraço Fronteiriço”

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Câmara aprova Projeto de Lei  que cria “Dia do Abraço Fronteiriço”. Autor do Projeto é o vereador Marcelino Nunes de Oliveira (PROS)

Lile Corrêa*

A Câmara Municipal de Vereadores aprovou na sessão ordinária, desta quinta-feira (24/11) no Plenário Issac Borges Capilé, o Projeto de Lei número 65/2016 que institui o “Dia do Abraço Fronteiriço” no município de Ponta Porã, a ser comemorado anualmente no dia 16 de dezembro, que passará a fazer parte do Calendário Oficial de Eventos do município.

O autor do projeto é o vereador Marcelino Nunes de Oliveira que justificou a aprovação do projeto afirmando que “o abraço é uma demonstração de afeto tão simples e, ao mesmo tempo, tão pouco usada por nós. Pode ser considerada uma medicina natural, na medida em que é muito bom tanto dar quanto receber abraços”.

O objetivo do projeto é promover o desenvolvimento do espírito solidário com o fortalecimento das relações interpessoais de todos os envolvidos, reescrever ações de convivências há muito tempo esquecidas, buscar através desse dia o resgate da aceitação do outro, promovendo a paz, o respeito, o não ao bullying, ao preconceito e à discriminação, a percepção da importância da valorização do ser humano e do amor ao próximo.

Marcelino Nunes mencionou que “Lei de igual teor será editada pela Edilidade da cidade irmã de Pedro Juan Caballero no Paraguay”.

Marcelino pede manutenção na iluminação pública no Ponta Porã I e São João

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 24 de novembro, o vereador, Marcelino Nunes de Oliveira, encaminhou uma indicação ao prefeito, Ludimar Novais e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, Mauro Cezar Vilhar, solicitando manutenção da iluminação pública do Bairro Residencial Ponta Porã I e São João.

Marcelino disse que esta é uma reivindicação dos moradores dos referidos bairros, tendo em vista que a falta de iluminação causa sensação de insegurança na população, pois facilita a ação de meliantes.

Legenda: Vereador Marcelino Nunes autor do Projeto Lei  que cria “Dia do Abraço Fronteiriço” – Foto Lécio Aguilera