Câmara de Vereadores de Ponta Porã trabalha para diminuir taxa de coleta de lixo

LA2_6785
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Câmara de Vereadores de Ponta Porã trabalha para diminuir taxa de coleta de lixo

Julieta Romeiro*

Os vereadores da Câmara Municipal de Ponta Porã falaram durante a sessão ordinária desta terça-feira, 18 de abril, que o dilema sobre a coleta de lixo está chegando ao fim. De acordo com os parlamentares, após a Prefeitura efetuar a compra dos cinco caminhões para efetuar este serviço no município, todos os bairros serão atendidos de maneira satisfatória.

Nas últimas sessões, os vereadores estiveram em busca de soluções juntamente com o Poder Executivo para resolver a falta de coleta de lixo, um problema que já se alastrava desde a administração anterior. Durante a sessão desta terça, os vereadores afirmaram que o prefeito, Hélio Peluffo, está trabalhando arduamente para atender toda a demanda e a coleta está sendo realizada em várias regiões da cidade. “O Poder Executivo cancelou o contrato com a empresa que prestava este serviço, agora a coleta de lixo foi retomada pela Prefeitura. O próximo passo entre a Câmara Municipal e a Prefeitura será rever o valor da taxa da coleta”, disse a Mesa Diretora.

Durante a sessão, o presidente da Associação dos Agricultores Familiar P.A. Rosalvo Rocha Rodrigues, do Grupo FAF, Abraão Gomes da Silva, utilizou a tribuna para pedir apoio aos 17 vereadores para a produção de uma cartilha informativa a respeito da reforma agrária, para ser distribuída nas escolas municipais de Ponta Porã. “O Assentamento Itamarati é um local que contribui de várias maneiras para a região, inclusive economicamente ao Brasil e Paraguai, porém infelizmente muitos não conhecem a luta pela reforma agrária. Em união com várias autoridades municipais, estaduais e federais, nós podemos sentar para debater e discutir a elaboração dessa cartilha no dia 30 de novembro, data em que se comemora o Dia da Reforma Agrária”, concluiu.

Ao final da sessão, o vereador Marcelino Nunes de Oliveira informou sua ida para a Secretaria Municipal de Segurança Pública. O parlamentar disse que seu gabinete estará de portas abertas para receber as reivindicações dos vereadores e que trabalhará para a Guarda Civil Municipal contribuir para a diminuição da criminalidade no município. “Com a minha ida para a Secretaria Municipal de Segurança Pública minha cadeira será ocupada pelo suplente, Laercio Martins, que já foi vereador nesta Casa de Leis. Comunico aos meus nobres colegas, que mesmo ocupando o cargo de secretário, se assim for da vontade do prefeito, continuarei atendendo as demandas da população e afirmo que as prioridades serão as indicações dos vereadores”, concluiu.

FOTO: Lécio Aguilera

LEGENDA: Vereadores trabalham para diminuir taxa de coleta de lixo em Ponta Porã.