Campanha salarial de rádio e TV pede reajuste de 4,5% mais inflação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print
Redação Portal IMPRENSA
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) protocolou, na quarta-feira (23/10) a pauta de reivindicação junto ao sindicato patronal de rádio e TV. A data-base é em 1 de dezembro. 
Crédito:Reprodução
Os jornalistas reivindicam o reajuste pela inflação, além de 4,5% acumulado desde a campanha salarial 2015-2017. Até o momento, o índice da inflação (INPC) acumulada desde 1º de dezembro de 2018 é de 3,68%.
Na ocasião, a negociação se estendeu aglutinando duas campanhas salariais, com inflação de 19%. Os jornalistas conquistaram um reajuste de 13,8%, ficando com deságio de 5 pp. Como a campanha de 2018-2019 repôs 0,5%, os jornalistas reivindicam essa diferença.
Eles também pedem mudança da data-base para 1º de junho.
Outra reivindicação é a volta do quinquênio para os jornalistas que ficarem na mesma empresa por cinco anos.