Clube de Imprensa

Chefe-geral da Embrapa falará de inovações e tecnologia na Ponta Agrotec


Com o tema “Agro é tudo: Economia, Inovação e Sustentabilidade”, o professor Gustavo Spadotti da Embrapa/SP estará na abertura da Ponta Agrotec 2022. A feira agropecuária iniciará nos dias 5 a 8 de maio, no Majestic Hall, em Ponta Porã (MS). Segundo os organizadores, nesta primeira edição eles esperam movimentar mais de 150 milhões em negócios.
Abrindo as cortinas do evento que movimenta a fronteira entre Brasil e Paraguai, o engenheiro agrônomo, mestre e doutor em agricultura e atualmente chefe geral da Embrapa/SP, professor Gustavo Spadotti quer aproveitar a oportunidade para falar de inovações e tecnologias no campo. “O agro hoje veste, alimenta e gera empregos para mais de 1 bilhão de pessoas. Isso representa um terço do PIB nacional e tudo isso graças a tecnologia. Hoje o agricultor tem todas as informações na palma da mão, por isso que o mundo digital no campo faz parte também da evolução do agronegócio brasileiro”, comentou.
Sua palestra está marcada para o dia 05 de maio, às 9h. Sabendo das dificuldades do agricultor do campo por conta da instabilidade econômica que o mundo passa hoje por conta do aumento do petróleo, Spadotti foi taxativo em dizer que hoje o agronegócio não é para iniciantes. “Estamos passando por processos de transformação o que torna o agronegócio brasileiro desafiante e posso dizer que cada vez mais não terá espaço para o amadorismo. O investimento, produção, ingestão de ferramentas é o caminho da evolução do produtor e seus negócios. O mercado está evoluindo e precisamos também inovar e investir em conhecimentos e na produção. Vejo com bastante otimismo essas mudanças”,disse.
O palestrante Gustavo Spadotti está confirmado na Ponta Agrotec. Ele é Engenheiro agrônomo, mestre e doutor em Agricultura (Fitotecnia) pela Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp/Botucatu, é chefe-geral da Embrapa Territorial. Foi professor em universidades e pesquisador na área de insumos agropecuários. Ingressou na Embrapa em 2012 e atuou no setor de Transferência de Tecnologia da Embrapa Amapá. Trabalhou com pesquisas a campo sobre competição de cultivares, sistemas de produção, rotação de culturas e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). Em 2015, passou a integrar a então Embrapa Monitoramento por Satélite, hoje Embrapa Territorial (Campinas, SP), onde atuou em projetos sobre Macrologística Agropecuária, Cadastro Ambiental Rural (CAR) e Sistema de Inteligência e Gestão Territorial da Caatinga e dos Cerrados. Foi gestor de equipes
nas duas unidades da Embrapa em que atuou. É revisor de 23 revistas científicas e agências de fomento. Publicou um livro, 86 artigos em periódicos revisados por pares, 8 capítulos de livros e apresentou mais de 150 palestras e trabalhos técnico-científicos em eventos nacionais e internacionais”.
As empresas que estejam interessadas em expor seus trabalho, devem entrar em contato no [email protected] ou preencher o formulário no site https://pontaagrotec.com.br/.