Com fronteiras fechadas, consulado ajuda 70 alunos brasileiros a deixarem o Paraguai

onibus
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Com fronteiras fechadas, consulado ajuda 70 alunos brasileiros a deixarem o Paraguai

Por Martim Andrada/TV Morena e Flávio Dias, G1 MS — Campo Grande

Estudantes brasileiros deixam o Paraguai acompanhados do consulado brasileiro, em Ponta Porã (MS). — Foto: Lile Corrêa

Estudantes brasileiros deixam o Paraguai acompanhados do consulado brasileiro, em Ponta Porã (MS). — Foto: Lile Corrêa

Cerca de 70 alunos brasileiros que estudam no Paraguai deixaram o país vizinho na manhã desta sexta-feira (17) acompanhados pelo consulado brasileiro, na cidade paraguaia Pedro Juan Caballero na região de fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

O Paraguai fechou a fronteira com o Brasil desde o dia 18 de março por conta da pandemia do novo corona vírus.

De acordo com o vice-cônsul do Brasil, em Pedro Juan Caballero, Vitor Hugo Irigaray, o grupo de alunos vão para o Estado do Pará. Ele ressaltou que nesse sábado (18), outros estudantes brasileiros passarão pela fronteira com destino o estado de Tocantins.

Conforme o cônsul, a saída dos estudantes do país vizinho não se trata de repatriação, pois os pais dos alunos estão pagando pelo transporte.

Fronteira fechada

No dia 18 de março, o governo paraguaio usou o Exército e fechou a fronteira com o Brasil em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha a Ponta Porã (MS). No mesmo dia, o governo também fechou a Ponte Internacional da Amizade, na fronteira com o Brasil, que liga Cidade del Leste a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Os dois principais acessos ao Brasil continuam fechados.