Com mais de 33 mil pessoas atendidas, programa Saúde do Homem e da Mulher Rural abre agenda de 2024 neste sábado

Em comemoração ao Dia Mundial de Combate ao Câncer, editoria Transformando Vidas mostra ação que já ajudou mais de 33 mil pessoas em MS.

Desde 2016, o Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural leva atendimentos médicos gratuitos para a população do campo de Mato Grosso do Sul com o foco na prevenção contra o câncer. No total, 33.872 pessoas já se consultaram com a equipe médica do Senar/MS. Foram mais de 1.200 encaminhamentos com alguma suspeita da doença. Diagnósticos essenciais que salvam vidas. O #TransformandoVidas desta sexta-feira (2) mostra os bastidores deste programa que traz esperança e qualidade de vida.

 

 

Pauline Cury é hoje, a coordenadora da Unidade Educacional do Senar/MS. A Unied gerencia um dos programas sociais mais importantes do Sistema Famasul: o Saúde do Homem e da Mulher Rural.

“Foi uma iniciativa do Senar Central que nós abraçamos com toda força. Em 2016 fizemos a ação piloto e já em 2017 iniciamos as viagens pelo estado. Foi um desafio, no início me deu medo por não saber se ia dar conta de gerenciar tudo isso. Hoje entendo o quão importante foi para mim, como pessoa e como profissional, participar do programa e trabalhar numa instituição que transforma e salva vidas.” diz Pauline.

O programa é organizado pelo Senar/MS com o Sindicato Rural e a secretaria de saúde de cada município. Toda sexta-feira, a equipe se desloca de Campo Grande para o município que receberá a caravana, aos sábados. São médicos urologistas, ginecologistas, oftalmologistas, dermatologistas e uma equipe de apoio que se revezam para atender a população do campo.

“Nós temos nossas agendas durante a semana, mas toda sexta-feira nos organizamos para viajar. Cedo já começamos a nos organizar com a ansiedade de pegar a estrada. É muito satisfatório para nós poder levar conhecimento, diagnóstico e prevenção para essas pessoas. É recompensador.”,conta Marcelino Ibraim, médico urologista e responsável pela equipe médica.

“Domingo, dia 4 de fevereiro, é comemorado o Dia Mundial do Câncer, mas eu reforço que não há dia específico para cuidar da saúde. Todo dia é dia. E se tratando de câncer, cada minuto importa. O diagnóstico precoce salva vidas e é o que a gente quer levar para essa população que muitas vezes não têm condições de ir ao médico.”, complementa.

A advogada, Amanda Bertoni, esposa do presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni, foi diagnosticada com câncer em 2020, após consulta médica de rotina. Por vivenciar a importância do diagnóstico precoce, participa do Saúde do Homem e da Mulher Rural, levando o depoimento de quem se curou após o tratamento adequado.

“O programa é maravilhoso porque essas pessoas têm a chance de viver. Não é uma luta fácil, mas as chances de cura são muito maiores quando se descobre cedo, como foi meu caso.”

A primeira cidade a receber o programa em 2024 será Naviraí. Para receber a ação no município, a secretaria de saúde precisa entrar em contato com o Sindicato Rural para dar início ao processo de contemplação. Neste ano, mais de X cidades receberão o programa Saúde do Homem e da Mulher Rural do Senar/MS.

Transformando Vidas – Toda sexta-feira o Sistema Famasul divulga uma reportagem sobre a atuação do Senar/MS e as suas transformações no Campo. Confira outras histórias de sucesso no canal do Youtube e no site.

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Michelle Machado

Pular para o conteúdo