Com sucesso na bagagem, Paula Mattos volta repaginada para animar Exporã 2017

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

43ª Exporã terá show da sertaneja Paula Mattos no sábado dia 4 de março

Naiane Mesquita*

“Se o amor bateu na nossa porta, que sorte a nossa”. O refrão simples, de uma composição feita a três mãos foi a grande benção que faltava na carreira da cantora Paula Mattos, 26 anos. De volta a Campo Grande para o show de estreia da nova turnê realizado na noite de 16/01, na Room 01, a artista acredita que está realizada, mas “com muita coisa para conquistar a partir de agora”, afirma.

“É uma alegria muito grande poder começar a minha turnê em Campo Grande ao lado da minha família, dos meus amigos, me prestigiando. Preparamos um show bem diferente do que as pessoas estão acostumadas, mas vamos deixar a surpresinha no ar”, desconversa.

Paula deixou de lado o banquinho e o violão e apostou em uma pegada mais animada no palco de Campo Grande. O DVD lançado em abril do ano passado foi o responsável por divulgar ainda mais a música “Que sorte a nossa”, disparada nas rádios de todo o Brasil.

“Essa música é de autoria minha e dos meus parceiros Luiz Henrique e Fernando. O Fernando veio a falecer dois meses antes da gravação do meu DVD, no mês de fevereiro. Ele ia participar, mas já vinha lutando contra a leucemia há um tempo e veio a falecer. A última música que ele fez foi essa, que além de ser muito bonita, tem essa magia que eu falo do Fer. Por isso deixei a segunda voz em homenagem a ele e a família dele”, conta.

Apesar de ser cantora desde os 15 anos, Paula construiu o início da carreira como compositora de grandes músicos do sertanejo atual. Basta uma olhada nas redes sociais da artista para ver a coleção de fotos com famosos, no currículo músicas na voz da dupla Thaeme e Thiago, por exemplo. “Meu sonho sempre foi cantar, ser artista e graças a Deus a gente está trabalhando para isso agora. Tenho muita coisa para conquistar. Eu falo que é um novo começo, de compositora e de artista. Lógico que a gente tem barreiras como todo o mercado tem, mas com fé em Deus a gente vai quebrar essas barreiras”, diz.

Para Paula, apesar do mercado ser competitivo, principalmente para as mulheres, o ano de 2016 promete ser para quebrar as barreiras do machismo na música. “Eu falo pelo fato de ser mulher. Esse ano que passou, de 2015 e de 2016 está apontando bastante para a mulherada. Tem várias mulheres em alta, como Simone e Silmara, Mara e Maraisa e Marília Mendonça. Eu acho que somos quatro nomes mais apontados. Mas tem muitos nomes, muitos talentos pelo Brasil e desejo que esse ano se abra cada vez mais para a mulher”, acredita.

A artista frisa que a união acabou fazendo a diferença no mercado. “Tem músicas minhas com a Marília, com a Simone, elas também tem um contato bacana comigo. O papo da sofrência, o papo de não falar só da mulher, mas do público em geral. Mulher também bebe, também vai para a balada, também quer curtir. Isso trouxe a mulher para o mercado. O povo quer ouvir um assunto que todos se identificam”, dispara.

Exporã 2017 
O Sindicato Rural de Ponta Porã realiza nos dias 3 a 12 de março de 2017, no Parque de Exposições Alcindo Pereira, a 43ª Exporã – Exposição Agropecuária e Industrial de Ponta Porã (MS)
O Sindicato Rural de Ponta Porã firmou parceria com a LP Eventos e Santo Show e trazem para a Exporã 2017 na sexta-feira (03/03) na abertura da feira a dupla Zé Neto e Cristiano, sábado dia (04/03) a cantora Paula Mattos. No dia 05/03 Domingueira Baile com Grupo Mistureira. Já na terça-feira (07/03) acontece a 4ª Noite Gospel. Na sexta feira dia (10/03) Bruninho e David e Henrique e Diego.
No sábado dia 11/03 a dupla Jads e Jadson animam a feira tendo na abertura o Trio Voz Nativa com show de lançamento de CD.
Encerrando a agenda de shows haverá Domingueira no dia 12/03 Baile com o Grupo Bom Balanço. A Exporã 2017 terá a cobertura da Rádio Líder FM 104,9 e do Clube de Imprensa de Ponta Porã.