Com transmissão das Libertadores, SBT bate audiência da Globo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Imagem: Cesar Greco/Palmeiras

Julia Renó do Portal Comunique-se*

Sem os direitos de transmissão da Libertadores da América, a Globo perdeu a liderança em audiência no sábado (30) para o SBT. Mesmo com as tentativas de manter o público no canal, entre 17h e 19h, a emissora de Silvio Santos conquistou o primeiro lugar com o dobro dos pontos da carioca na Grande São Paulo.

Desde o início do jogo, o SBT estava à frente. Na média, segundo Kantar Ibope, o canal marcou 25,3 pontos, 43% de share e 32,1 pontos de pico. Em números absolutos, a programação alcançou 3,2 milhões de lares e 4,2 milhões de pessoas. O índice foi 126% superior ao registrado pela Globo, que ficou com apenas 11,1 pontos de média. A terceira colocada marcou 3,5 pontos de média.

Essa foi a melhor audiência do SBT na faixa horária em 19 anos e, em relação ao sábado anterior (23), quando ficou com 3,6 de média, o SBT aumentou sua audiência em sete vezes. Mas o que tornou essa partida tão especial? Além de ser a final do campeonato, foi a primeira vez na história em que dois times paulistas disputaram o título de campeão.

A partida, inclusive, foi motivo de graça entre as emissoras. No pré-jogo, um telefone batizado de ‘Arena Fone’ estava no palco Arena SBT. A brincadeira era uma alusão ao Big Fone, do Big Brother Brasil, que segundo a TV Globo, tocaria durante o horário de transmissão do jogo.

Apesar do resultado do último fim de semana, esse pode ter sido um bom sinal para a Globo, que agora transmitirá o Mundial.