De Michel Teló à Mart’nalia: veja a programação completa da 16ª edição do Festival América do Sul Pantanal

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Depois de dois anos suspenso por causa da pandemia de Covid-19, o festival foi confirmado para os dias 26, 27, 28 e 29 de maio em Corumbá e Ladário, com atrações regionais, nacionais e internacionais.

Por Débora Ricalde, g1 MS

Após dois anos suspenso por causa da pandemia de Covid-19, retorna neste mês o Festival América do Sul Pantanal. Na 16ª edição, o evento será realizado nos dias 26, 27, 28 e 29 de maio em Corumbá e Ladário, a 420 km de Campo Grande.

Criado em 2004, o Festival América do Sul Pantanal vem se consolidando ao longo dos anos como o maior evento de cultura e cidadania do continente. Neste ano, serão quatro dias de festa com participação da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

A 16ª edição terá como tema o centenário da semana de arte moderna, que ocorreu na capital paulista em 1922. O movimento chamou atenção da população para a valorização e consumo da arte e da cultura brasileira na música, literatura, teatro, dança e artesanato.

Com atrações regionais, nacionais e internacionais confira a programação do festival:

Quinta-feira (26)

Palco integração

  • 20h30 – Orquestra de Câmara do Pantanal
  • 21h45 – Michel Teló

Palco Rio Paraguai

  • 23h30 – Muchileiros
  • 00h30 Sofia Viola (ARG)

Sexta-feira (27)

Palco Integração

  • 20h30 – Vinil Moraes
  • 21h45 Atitude 67

Palco Rio Paraguai

  • 23h30 – Begét Lucena
  • 00h30 – Margareth Menezes

Sábado (28)

Palco Integração

  • 20h30 – Evelyn Lechuga
  • 21h45 – Ruben Rada (URU)
    • 20h30 Jucy Ibanez
    • 23h30 – RCR
    • 00h30 – Marcelo D2Palco Rio Paraguai21h45 – Mart’nalia

      Domingo  (29)

      • Palco Integração
        • 20h30 – Evelyn Lechuga
        • 21h45 – Ruben Rada (URU)
  • Palco Rio Paraguai
    • 19h – Monobloco
    • 23h30 – Jackeline Sanfoneira
    • 00h30 – Hermanos Irmãos