Delegação Brasileira já desembarcaram no Japão para intercâmbio de Judô

3EE6E880-9EC0-49EC-B9D2-7FB9700A50B9
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Delegação Brasileira já desembarcaram no Japão para intercâmbio de Judô

Mestre de Judô, Nicodemos Filgueiras Júnior da Academia Acenor Nico Judo desembarcou as 23h51 deste sábado, dia 14/9 no Japão para participar de intercâmbio de esporte no Japão.

Alem do professor Nico Junior, fazem parte da delegação brasileira os professores: Edson Luiz Lorenzett, Antônio Carlos Tavares Junior, Maicon Deivison, Gleyson Ribeiro Alves, Augusto Rodrigues, Saimon Magalhaes de Souza, Silvana Harumi Nagai, Carlos Eugênio e Alam dos Reis Saraiva.

O intercâmbio acontece na Universidade de Tsukuba onde são formados os professores de Judô e lutas do Japão, o programa Sports for Tomorrow busca ampliar a qualificação profissional dos professores referência em seus países. “O governo Brasileiro através da CBJ tem o interesse de implantar o judo na grade curricular das escolas públicas brasileiras, possibilitando dessa forma a milhares de crianças e jovens o acesso ao judo e suas diversas facetas esportivas, cívicas e educacionais”, mencionou Nico Junior ao jornalista Lile Corrêa ao vivo no Jornal da Líder FM de Ponta Porã.

Falando fluentemente português, espanhol e inglês o professor Nicodemos Filgueiras Júnior, faixa preta 5° Dan, Graduado em Educação Física pela Universidade Federal do MS, Pós Graduado em Treinamento Desportivo pela Universidade Federal de RO e Mestre em Psicologia da Saúde ( Qualidade de Vida) pela Universidade Católica Dom Bosco, representará a Federação do Mato Grosso do Sul de Judô e o Brasil em Tóquio no Japão durante os meses de setembro e outubro no Programa de Intercâmbio Sport for Tomorow, uma iniciativa do Governo do Japão em Parceria com o Governo Brasileiro.

Foram escolhidos 8 (oito) professores dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso do Sul, o processo seletivo foi realizado pela Confederação Brasileira de Judô, Instituto Kodokan do Brasil e Mombusho Ministério da Educação do Japão, os candidatos submeteram se a uma criteriosa análise de Curriculum, entrevista com obrigatoriedade de proficiência de inglês e apresentação dos projetos que os mesmos estão a frente em seus estados.

Professor Nico Junior realiza desde 2010 um projeto no maior Assentamento do Mundo no Distrito Nova Itamarati em Ponta Porã, conseguindo resultados expressivos dentro e fora dos tatames, modificando a vida de centenas de crianças e jovens nesses anos de ação continuada.