Distrito de Nova Itamarati ganha Unidade Básica de Saúde

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

FOTO_1_LUDIMAR_ITAMARATI FOTO_2_LUDIMAR_FAMILIA FOTO_3_INAUGURACAO FOTO_4_SUB_PREFEITURA FOTO_5_ILUMINACAO_ITAMARATI FOTO_6_FARMACIA_ITAMARATIComunidade também foi beneficiada com reforma da Subprefeitura e implantação de iluminação pública na área urbana

Edilson José Alves*

A comunidade do distrito de Nova Itamarati acaba de ganhar uma moderna Unidade Básica de Saúde (UBS). A entrega da obra ocorreu nesta quarta-feira e foi feita pelo prefeito Ludimar Novais (PDT), que no mesmo dia entregou a reforma da Subprefeitura e inaugurou o sistema de iluminação pública na área urbana daquela localidade.

Durante a solenidade de entrega que contou com a participação de diversas autoridades, o prefeito aproveitou para fazer um balanço dos projetos desenvolvidos no distrito. Ele citou o projeto “Musicoterapia”, desenvolvido através da Fundação de Cultura (FUNDAC), em parceria com a igreja católica e que atende adolescentes residentes no local. “Eles levam música todas as quartas-feiras para o posto de saúde, uma maneira de amenizar a dor de quem está em busca de tratamento médico”, disse.

Sobre a UBS inaugurada com o nome de “Anastácio Basílio Pires”, Ludimar chamou à frente os seus familiares e destacou a importância do homenageado na luta pela reforma agrária e fortalecimento do cooperativismo. “A comunidade é que escolheu o nome e é o reconhecimento pelo trabalho que o seu Anastácio Basílio Pires desenvolveu em prol da agricultura familiar”.

Depois Ludimar enumerou vários serviços e obras que foram levados para o Itamarati. Falou sobre a implantação da coleta de lixo duas vezes por semana; da aquisição da produção da agricultura familiar para a merenda escolar, que saltou de 15% para 30% durante a sua gestão.

O prefeito disse que uma das metas para o próximo ano é aumentar ainda mais a aquisição da produção, inclusive com a instalação de um laticínio de leite e derivados. “Vamos continuar trabalhando e incentivando as cooperativas. O Programa de Aquisição de Alimentos – PAA – é um exemplo disso. Quando iniciamos contávamos com apenas uma cooperativa e atendia 300 famílias por semana. Hoje temos sete cooperativas fornecendo alimentos e atendendo 700 famílias por semana”, disse, acrescentando que a cesta verde hoje recebe outros produtos e ajuda muito na alimentação das famílias de baixa renda.

Outro projeto destacado pelo prefeito foi o da aqüicultura. “Fizemos um programa, o Ensinando a Pescar, que hoje atende mais de 100 agricultores familiares. Eles recebem os alevinos e todo o acompanhamento técnico. A piscicultura é, sem dúvida, uma ótima alternativa econômica para as famílias”. Ludimar também destacou a cessão de boxe para comercialização de produtos do Itamarati no Complexo Comercial da linha internacional. “Esse boxe é administrado pelo movimento de mulheres do Assentamento”, destacou.

Depois, o prefeito fez questão de lembrar que em 2013 e 2014 conseguiu pagar integralmente o transporte universitário. “Mas, infelizmente, em virtude da crise, mas não cortamos tudo, arrumamos o ônibus e pagamos o combustível. Hoje, cada estudante colabora com uma pequena parcela, mas não deixamos e nem vamos deixar de atender”, disse.

Ludimar também lembrou que os serviços do Centro de Atendimento à Mulher (CAM), também foi levado para o distrito de Nova Itamarati. “Hoje temos os serviços do CAM à disposição das mulheres em situação de vulnerabilidade. Elas não precisam

mais ir a Ponta Porã, recebem o atendimento na Subprefeitura que implantamos na área urbana”, disse. Outro destaque foi a reforma da Escola Municipal Nova Conquista, cujas condições no início de 2013 eram bastante precárias.

Sobre o desenvolvimento econômico, Ludimar ressaltou que o Itamarati possui um enorme potencial e uma indústria de óleo, outra de ração e uma canjiqueira estão interessadas em se instalar no distrito. “Estamos cedendo os barracões que estão sendo adaptados para receber essas indústrias, visando gerar riquezas e empregos”.

Outro importante avanço, segundo o prefeito, foi a aquisição de uma patrulha mecanizada, avaliada em mais de R$ 3 milhões. “Também disponibilizamos uma patrola zero quilômetro para atender a comunidade. Agora a nossa luta é para até o final do ano mandar para o Itamarati dois caminhões caçambas e uma retro-escavadeira para fazer a manutenção das estradas”.

A situação do antigo posto de saúde que atendia a comunidade, segundo o prefeito, era lamentável, não oferecia nenhuma condição, sendo inclusive motivo de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual. “Agora, estamos entregando para a população do Itamarati uma Unidade de Atenção Básica de Saúde igual às que estamos entregando para a população da área urbana de Ponta Porã. E, vamos entregar mais uma Unidade Básica, igual a essa primeira, a Geraldo Garcia, que também vai atender a comunidade do Itamarati. A obra dessa unidade está em fase final de construção”, disse.

Logo depois, Ludimar ressaltou o projeto de lei que enviou e a Câmara Municipal aprovou por unanimidade, transformando o Assentamento Itamarati em distrito de Nova Itamarati. “Antes aqui era zona rural, agora não, é zona urbana. Antes a gente ficava engessado, não podia fazer praticamente nada porque se tratava de uma área federal. Também elaboramos o projeto de regularização fundiária e estamos resolvendo a situação das entidades e das pessoas que vivem aqui. Com esse projeto, hoje sabemos onde será o cemitério, a creche, o posto policial, onde ficarão as áreas residenciais e comerciais. Os valores que colocamos nos imóveis é pequeno e o interessado pode pagar parcelado, mas sabemos também que tem gente querendo especular e isso não podemos permitir”.

Para tentar agilizar o processo para que o Incra faça a entrega dos títulos definitivos dos lotes, fala o prefeito, a Prefeitura Municipal pagou para fazer o georeferenciamento do Assentamento Itamarati. “Foi feito esse trabalho no Itamarati I e II, sem isso não existia sequer a possibilidade de ocorrer a entrega dos títulos”, disse. Ludimar também destacou que conseguiu uma parceria com o Governo do Estado para recuperação de estradas e com o Governo Federal viabilizou R$ 4 milhões para reforma integralmente todas as estradas do Itamarati.

Com relação a água potável, o prefeito disse que a bomba que puxava a água para atender a comunidade vivia apresentando problemas. “Para resolver a situação estamos finalizando a licitação para comprar uma bomba nova. Também já conversamos com a Sanesul e a empresa vai desenvolver um projeto de saneamento no Itamarati e todas as famílias do núcleo urbano terão acesso aos serviços da empresa de saneamento de Mato Grosso do Sul”.

Legenda:

Foto 01 – Prefeito Ludimar Novais durante inauguração da Unidade Básica de Saúde na área urbana do distrito de Nova Itamarati

Foto 02 – Ludimar Novais com familiares de Anastácio Basílio Pires, trabalhador rural que empresta o nome a nova Unidade Básica de Saúde

Foto 03 – Momento do descerramento da placa inaugural da Unidade Básica de Saúde Anastácio Basílio Pires

Foto 04 – Ludimar também entregou reforma da Subprefeitura no distrito de Nova Itamarati

Foto 05 – Prefeito inaugurou iluminação pública no distrito de Nova Itamarati

Foto 06 – Unidade Básica de Saúde Anastácio Basílio Pires está com sua farmácia abastecida de medicamentos

Fotos: Lucho Rocha