Em posse, Marcos Trad pede paciência e diz que não vai aumentar impostos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Sobre ‘erros’ de Bernal, novo prefeito disse que questão ficará para a Justiça

Por GABRIEL MAYMONE E GLAUCEA VACCARI*

Ao tomar posse como prefeito de Campo Grande, na noite de hoje (1º), Marcos Trad (PSD) disse que não irá reclamar da situação em que a cidade está e que irá fazer as contas ‘na ponta do lápis’. “Lutei para ser prefeito. Por isso não tenho direito de reclamar da cidade do jeito que está. Vou à luta”, frisou.

Em relação à gestão anterior, Trad pontuou que a questão deve ser resolvida pelo judiciário. “Erros devem ser avaliados, julgados e punidos. Não vou perder tempo olhando para trás. Temos que modificar comportamentos e atitudes”.

Outra promessa feita pelo novo prefeito da Capital e que deve ser cobrada pela população é que ele não irá aumentar impostos. “Aquilo que é justo eu vou cobrar, o que está errado, vou corrigir”, destacou.

“Como gestor darei prioridade à população de quase 900 mil habitantes, aos milhares de quilômetros de área asfaltada, limpeza de mais de centenas de praças e muitos parques, reaparelhamento das unidades de saúde, escolas e Ceinfs (Centro de Educação Infantil). São quase 40 mil famílias absolutamente desprotegidas, isso não podemos aceitar”, completou Trad.

O novo prefeito também pediu que a população tenha paciência, pois segundo cálculos feitos pela sua equipe, serão necessários de 12 a 14 meses para reorganizar a cidade. “Estou iniciando minha gestão com controladoria de transparência pública. Todos vamos saber como o dinheiro foi gasto, quanto entrou e saiu por mês da prefeitura, vocês vão ter acesso a esses números, até porque este dinheiro não é meu, é de todos vocês”, finalizou.

VEREADORES EMPOSSADOS

A cerimônia que aconteceu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo também empossou os 29 vereadores eleitos de Campo Grande. Em nome de todos, o mais votado, André Salineiro (PSDB) fez discurso reafirmando parceria construtiva com o Executivo. “Vamos cobrar todos os dias as promessas feitas pelo prefeito. Vamos fiscalizar, mas acima de tudo vamos contribuir com projetos, com nosso trabalho e estaremos dispostos a sermos cobrados também e melhorar com as críticas”. A reportagem do Correio do Estado foi destacado pelo jornalista Lile Corrêa, ao vivo na Emissora Líder FM 104,9 de Ponta Porã (MS).