Emissora de rádio presta homenagem à Chapecoense

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

aviao-chapecoense-acidente-colombia-sul-americanaDurante a programação da Rádio Líder FM 104,9 na manhã desta terça-feira (29/11) o diretor da emissora de Ponta Porã que faz fronteira seca com Pedro Juan Caballero (Paraguai), radialista Luis Lobato prestou homenagem a equipe da Chapecoense e aos colegas de Imprensa que morreram no acidente aéreo em Medellin (Colombia).

“Estamos tocando o hino da Chapecoense homenageando os atletas, direção técnica, torcedores e colegas da Imprensa que estavam no avião, nos solidarizamos com as famílias enlutadas, que Deus conforte o coração de todos”, mencionou Luis Lobato.

“Ó Glorioso verde que se expande entre os estados tu és sempre um esplendor nas alegrias e nas horas mais difíceis meu furacão tu és sempre um vencedor

São tantos títulos outrora conquistados com bravura, muita raça e fervor leva consigo o coração de uma cidade meu furacão tu és sempre um vencedor

Sempre honrando nosso escudo com sua raça és alegria nos estádios nunca só na imensidão e vastidão de nosso estado

Chapecoense tu és sempre Chapecó A força imensa de sua fiel torcida que nos estádios tudo é lindo e nos fascina a nossa massa meu verdão mexe contigo tu és querido em toda Santa Catarina”

Acidente
O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), informam autoridades colombianas. O prefeito Frederico Gutierrez disse que o acidente matou ao menos 25 pessoas. Há sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

Não há, por enquanto, identificação das vítimas fatais. Entre os sobreviventes há jogadores.

Segundo a imprensa local, a aeronave com o time catarinense perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.

Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Segundo a rede de “TV Caracol”, a aeronave sobrevoava as cidades de La Ceja e Abejorral quando sumiu do radar.

Uma operação de emergência foi ativada para atender ao acidente. A Força Aérea Colombiana dispôs helicópteros para ajudar em trabalhos de resgate, mas missões de voos foram abortadas nesta madrugada por causa das condições climáticas. Choveu muito na região na noite de segunda, o que reduziu muito a visibilidade.

Equipes chegaram ao local do acidente por terra, mas o acesso à região montanhosa é difícil e a remoção é lenta.

Avião que levava equipe da Chapecoense sofreu acidente na Colômbia (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Avião que levava equipe da Chapecoense sofreu acidente na Colômbia (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)