Emissoras públicas de rádio e TV se unem para fortalecer representatividade

Redação Portal IMPRENSA*

Emissoras públicas de rádio e TV de todo o Brasil se uniram para reforçar a atuação do Instituto Brasileiro de Empresas Públicas de Comunicação (IBEPEC). Fundado em agosto do ano passado, o órgão foi apresentado oficialmente durante reunião do Fórum Nacional de Emissoras Públicas de Rádio e Televisão. O encontro foi realizado ontem (9), em Brasília.

Crédito: Divulgação
Os representantes das empresas públicas de radiodifusão do Brasil no Fórum

O instituto será responsável por encontrar formas de viabilizar o trabalho das emissoras, com maior integração das equipes inclusive na apresentação de produtos. Esforços para melhorar a saúde econômica das unidades, buscando novas formas de financiamento, através de apoios culturais e outras fórmulas permitidas por lei, também é atribuição do IBEPEC a partir de agora.

O Fórum continua sendo a principal entidade do setor. O órgão concentra as demandas de Estado e define as prioridades nas políticas de atuação.

A situação e o futuro das empresas públicas de comunicação é tema de debate há tempos. Uma das mudanças recentes mais polêmicas no setor foi a fusão da TV Brasil e da NBR pela Empresa Brasileira de Comunicação (EBC).

No fim de 2018, o Conselho de Comunicação Social (CCS) do Congresso anunciou que faria uma radiografia do sistema público de radiodifusão do Brasil.

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book