Clube de Imprensa

Energisa deverá ampliar projeto de extensão rede elétrica distrito Nova Itamarati

Com o anúncio do governo de Mato Grosso do Sul de regularizar 1,5 mil moradias da área urbana do distrito do Assentamento Nova Itamarati, em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, representantes da região estiveram, nessa quarta-feira (29/11), na sede da Energisa para entender os trâmites legais para distribuição de energia elétrica no local a partir da regularização.

Subprefeita do distrito desde 2019, Natália Velasques da Silva relatou que, atualmente, existem cerca de 300 casas com energia irregular instalada na região. “Ao todo, são 120 quadras de energia que precisariam ser alcançadas pela Energisa”, completa.

O diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhaes, ouviu as demandas da subprefeita juntamente com o engenheiro especialista, Héber Selvo, e o coordenador de Relacionamento com Grandes Clientes e Poder Público, Dian Cleiton de Brito. Na ocasião, foi sinalizada a melhoria para o primeiro semestre de 2024.
“Saímos contentes dessa reunião porque a Energisa está atenta à nossa demanda e já há um projeto em andamento”, disse Natália. Héber Selvo ressaltou que a partir da regularização da ocupação pela prefeitura “a distribuidora poderá estender a rede de distribuição na área e regularizar os atendimentos”.

Pular para o conteúdo