Clube de Imprensa

Energisa diz que só vai resolver problemas de energia elétrica em Ponta Porã quando “Papai Noel chegar” ; Energisa enviou Nota a Imprensa

Concessionária quer que consumidor avise quando adquirir equipamentos elétricos

Integrantes do CIPP acompanharam a reunião na Câmara de Vereadores 

Vídeo Reportagem

Depois que os problemas de abastecimento de energia elétrica em Ponta Porã ganharam espaço na mídia e ganharam atenção, inclusive, da Ouvidoria da AGEMS (Agência Estadual de Regulação de ServiçosPúblicos de Mato Grosso do Sul), que disse ter comunicado a ANEEL(Agência Nacional de Energia Elétrica) e que “puxou a orelha da empresa, a Energisa resolveu, finalmente, enviar dois representantes à fronteira para uma reunião com os vereadores na Câmara Municipal, que já havia convocado a concessionária para esclarecimentos inúmeras vezes, sem sucesso.

          O encontro ocorreu nessa sexta-feira (24), na sala de reuniões da Presidência, com a presença do presidente daquela Casa de Leis, vereador Candinho Gabínio (PSDB), e dos vereadores Biro Biro (PDT), AnyEspinola(PSDB), Agnaldo Miudinho (PSDB), Neli Abdulahad (União Brasil), Edevaldo Mattoso (PSDB), Marquinhos Bello (PSDB), Vanderlei Avelino(PSDB) e José Menino (PSDB), além do coordenador de Relações Públicas da Energisa, o engenheiro eletricista Dian Brito, deslocado de Campo Grande e do Supervisor de Construções e Manutenção da concessionária, Ivaldo Rogéria, oriundo de Dourados, bem como profissionais da mídia eletrônica, escrita e radio difundida convidados para cobrir o evento, com direito a questionamentos.

OS PROBLEMAS

Além dos problemas recorrentes do bairro São João e do Jardim Estoril, que já se estendem há, pelo menos, três anos e foram alvo da matéria que movimentou a mídia faz 10 dias, regiões como o Altos da Glória e a Vila Áurea mereceram destaque entre as quais apresentam oscilações e falta frequente de abastecimento, somando-se a tudo isso os cabos de energia elétrica soltos em inúmeros pontos da cidade.

A retórica e a falta de apresentação de uma solução imediata para as queixas apresentadas, acabou com a paciência do vereador Candinho, que deixou a sala e deu (por conta dele) a reunião encerrada. Sobretudo quandoo engenheiro da Energisa disse que cada consumidor deveria avisar a empresa quando adquirisse uma novo equipamento elétrico (ar condiciondo, geladeira, etc.), porque isso poderia vir a sobrecarregar o sistema, ocasionando queda no abstecimento. Agora, imaginem se isso tem cabimento ou se, sequer, tem como ser colçocado em prática. A empresa não consegue nem dar conta das queixas apresentadas individualmente por cada consumidor, tampouco tem uma margem de suporte para (kkkk) um ar condicionado a mais em determinado bairro.

CARTINHA PARA PAPAI NOEL

Enfim, os vereadores que permaneceram insistindo que a concessionária apresentasse uma solução para o impasse, conseguiram obter dos ditos representantes o seguinte: a Energisa fará uma inspeção na rede, com foco nos problemas apresentados e, dentro de 30 dias, vai apresentar um plano de ações para solucioná-los. Ou seja, o prazo se estende até o Natal. Portanto, não mais as crianças, mas seus pais, deveriam escrever uma “cartinha” para o Papai Noel, com cópia para o aniversariante da data, Jesus Cristo, pedindo que coloque “uma luz” no caminho dessas pessoas, a fim de que Ponta Porã volte a ter seus caminhos iluminados.

(Edmondo Tazza – MTE/MS 1266)

NOTA ENERGISA

A Energisa informa que foi realizada uma visita institucional à Câmara de Vereadores de Ponta Porã, nesta sexta-feira (24/11), com o intuito de esclarecer o trabalho realizado pela empresa, dentro do Plano de Contingência, com medidas preventivas e monitoramento constante das condições climáticas, especialmente neste ano de atuação do fenômeno El Niño, de forma severa e adversa (tempestades e ondas de calor), em todo país.

A Energisa esclarece ainda que direciona esforços para mitigar as demandas apresentadas na reunião através de investimentos em ampliação de rede, automação de sistema e manutenção preventiva, cumprindo prazos previamente estabelecidos, com foco na segurança e qualidade. A concessionária se colocou à disposição para realizar vistorias técnicas nos bairros indicados pelos vereadores e esclareceu pontos sobre a Portaria Interministerial 10.563/2023 que institui a Política Nacional de Compartilhamento de Postes – Poste Legal, cujas diretrizes serão regulamentadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A prioridade da Energisa é garantir que todos tenham acesso à energia elétrica de forma confiável e contínua e para isso, trabalha de forma incansável. Desde 2014, quando a empresa chegou ao estado, foram investidos cerca de R$ 3,8 bilhões em projetos de distribuição de energia elétrica. Entre as principais ações estão: 14 novas subestações, incremento de 43% na potência instalada, aumento em mais de 63% do total de quilômetros de redes de transmissão e distribuição, atendimento de 2.890 unidades no Pantanal Sul-Mato-Grossense com o Projeto Ilumina Pantanal.

Para entrar em contato com a Energisa, acione os canais de atendimento:
call center: 0800 722 7272
site: energisa.com.br
whatsApp Gisa: (67) 99980 0698
aplicativo Energisa On

Pular para o conteúdo